Notícias

Secretário de Infraestrutura pede exoneração; Governo de Minas já tem substituto

Por Edilene Lopes | 24/07/2020 às 14:29
Bernardo Dias/CMBH
Foto: Bernardo Dias/CMBH

O secretário de estado de Infraestrutura e Mobilidade de Minas, Marco Aurélio de Barcelos, será exonerado a pedido, conforme apurou a Itatiaia na tarde desta sexta-feira. Ele será substituído por Fernando Marcato, professor de direito da Fundação Getúlio Vargas em São Paulo e especialista em desenvolvimento e projetos de infraestrutura.

Barcelos ficará no cargo até o fim mês. A informação oficial é de que ele saiu por motivos pessoais, mas a de bastidores dá conta de que o secretário recebeu um convite para ir para a iniciativa privada.

Em nota, o governador Romeu Zema (Novo) desejou sucesso a ele e afirmou que "lamenta a saída e agradece os relevantes serviços prestados pelo secretário". No período em que Barcelos ficou à frente da pasta, segundo o governador, "Minas Gerais viu avançar importantes projetos, como o Programa de Concessões Rodoviárias e o projeto de concessão do Rodoanel da Região Metropolitana de Belo Horizonte."

Conforme o comunicado, o novo secretário "reúne todos os atributos necessários para dar continuidade à agenda de infraestrutura no Estado de Minas Gerais. Fernando é especialista na estruturação de projetos de infraestrutura no Brasil e no exterior, professor da FGV Direito SP e mestre em Direito Público pela Universidade de Paris 1."

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou