Ouça a rádio

Compartilhe

Ronaldo assina compra de 90% da SAF do Cruzeiro

Contrato foi assinado pelo Fenômeno nos últimos dias

Agora é oficial. O atacante Ronaldo Fenômeno é dono de 90% da Sociedade Anônima do Cruzeiro. A compra, por parte do ex-camisa 9 da Seleção Brasileira, foi assinada nos últimos dias.

O anúncio do fim da operação, que era tão esperada pelo mercado, e, principalmente, torcedores do Cruzeiro, foi divulgado pelo próprio clube em nota oficial na tarde desta quinta-feira.

"Cruzeiro SAF já está efetivamente sob gestão de Ronaldo Nazário e seu grupo empresarial. Após aprovação por aclamação na última semana por parte do Conselho Deliberativo sobre ajustes no modelo de contrato, Cruzeiro e Ronaldo efetuaram a assinatura do contrato de compra de 90% das ações da Sociedade Anônima do Futebol. Todos os trâmites se deram na última semana, com a assinatura dos representantes tendo ocorrido no último dia 08 de abril. Ainda foi feita uma apresentação do modelo final à representantes do Conselho, com as mais diversas especialidades que, novamente de forma unânime, comemoraram o desenho definitivo do negócio", disse parte da nota cruzeirense. 

O clube celeste informou que a finalização do acordo permitiu que a gestão de Ronaldo fizesse os pagamentos das dívidas que impediam a diretoria de futebol de registrar os novos reforços por conta do transfer ban imposto pela Fifa (no caso da compra do zagueiro Kunty Caicedo junto ao Independiente del Valle-EQU), e pela Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) devido ao débito com o Atlético Acreano pelo empréstimo do atacante Careca.

Ronaldo afirmou que a assinatura do contrato de compra da SAF do Cruzeiro dará segurança para que novos processos sejam implantados no clube. 

“Seguimos mirando curto, médio e longo prazo. Temos diversas frentes com forte atuação e vejo perspectiva de um trabalho bastante difícil, mas que agora tem segurança contratual para funcionar e trazer resultados ao Cruzeiro. Me sinto honrado por poder liderar o processo de reconstrução do clube. A torcida, mercado e demais stakeholders podem ter certeza que não descansaremos até implementar amplamente um modelo de gestão eficiente, ético e que traga sucesso desportivo”, disse. 

O presidente do Cruzeiro, Sérgio Rodrigues, também comentou o acordo. “Desde que fui eleito, sempre deixei muito claro que minha missão era estruturar o clube para a SAF. Trabalhei muito por isso e conseguimos. Estamos muito felizes de entregar o Cruzeiro ao Ronaldo e sua competente equipe, que são a certeza de que nosso futebol retomará sua trajetória de sucesso. Estaremos presentes, dentro ou fora do estádio, sempre à disposição para contribuir no que for necessário. O Cruzeiro é de todos e é um só”, frisou. 

Agora, o Cruzeiro voltará o foco para gestão e qualificação organizacional do futebol. Nas próximas semanas, o clube celeste irá apresentar o novo organograma.

Intenção de compra, transferência das Tocas e imbróglio com Conselho

Intermediado pela XP Investimentos, o acordo entre Ronaldo e Cruzeiro para a intenção de compra de 90% da SAF da Raposa foi anunciado no dia 18 de dezembro do ano passado. A partir de então, o staff do ex-jogador iniciou diligências internas no clube para detalhar os números apresentados pela empresa financeira sobre a instituição celeste.

Com a necessidade de assumir as dívidas tributárias do Cruzeiro com a Fazenda Nacional, Ronaldo decidiu propor uma nova assembleia ao Conselho Deliberativo para votar sobre a transferência das Tocas I e II para a SAF como garantia de pagamento.

Alguns conselheiros ficaram revoltados com o pedido do Fenômeno e vazaram informações sobre o contrato de compra das ações da SAF celeste, até então tratado como confidencial pelos envolvidos na negociação. Descobriu-se que o valor de R$ 400 milhões divulgado em dezembro como aporte a ser feito no clube por Ronaldo era, na verdade, de R$ 50 milhões. Os outros R$ 350 milhões viriam de "receitas incrementais" advindas da arrecadação média do clube entre 2017 e 2021.

Após as divulgações de notas oficiais do Conselho Deliberativo do Cruzeiro e da XP, o staff de Ronaldo e Pedro Mesquita, head de investimentos da empresa, vieram a público explicar os pontos do contrato. Uma assembleia extraordinária com os conselheiros também foi realizada para esclarecer dúvidas.

Depois de muita discussão nos bastidores do Cruzeiro, foi marcada uma reunião do Conselho Deliberativo para votar sobre a transferência das Tocas I e II para a SAF, além da recuperação judicial ou extrajudicial do clube. Minutos antes do início da assembleia, dois conselheiros conseguiram uma liminar para suspender a votação, pois não concordavam com os pedidos de Ronaldo. Após quase 4 horas depois, o departamento jurídico da Raposa obteve um agravo de instrumento e deu início ao processo, que aprovou as solicitações do Fenômeno abrindo caminho para a conclusão da venda.

Leia a nota na íntegra sobre a compra da SAF por Ronaldo

Belo Horizonte, 14 de abril de 2022 - Cruzeiro SAF já está efetivamente sob gestão de Ronaldo Nazário e seu grupo empresarial. Após aprovação por aclamação na última semana por parte do Conselho Deliberativo sobre ajustes no modelo de contrato, Cruzeiro e Ronaldo efetuaram a assinatura do contrato de compra de 90% das ações da Sociedade Anônima do Futebol.

Todos os trâmites se deram na última semana, com a assinatura dos representantes tendo ocorrido no último dia 08 de abril. Ainda foi feita uma apresentação do modelo final à representantes do Conselho, com as mais diversas especialidades que, novamente de forma unânime, comemoraram o desenho definitivo do negócio.

Diante da data de assinatura e seus desdobramentos legais, também foi possível maior agilidade e eficiência na negociação e finalização do pagamento das dívidas que mantinham o Transfer Ban até o último sábado. Dessa forma, o Cruzeiro teve tempo hábil para registrar tempestivamente novos atletas dentro do período estipulado pela CBF. Com isso, a reorganização e desenvolvimento da montagem do elenco para 2022 seguiram o planejado.

Para Ronaldo, a assinatura dará segurança para que novos processos sejam efetivamente implantados no clube. “Seguimos mirando curto, médio e longo prazo. Temos diversas frentes com forte atuação e vejo perspectiva de um trabalho bastante difícil, mas que agora tem segurança contratual para funcionar e trazer resultados ao Cruzeiro. Me sinto honrado por poder liderar o processo de reconstrução do clube” garantiu. “A torcida, mercado e demais stakeholders podem ter certeza que não descansaremos até implementar amplamente um modelo de gestão eficiente, ético e que traga sucesso desportivo”, conclui.

O Presidente do Cruzeiro Esporte Clube, Sérgio Santos Rodrigues, também comemora a definição. “Desde que fui eleito, sempre deixei muito claro que minha missão era estruturar o clube para a SAF. Trabalhei muito por isso e conseguimos. Estamos muito felizes de entregar o Cruzeiro ao Ronaldo e sua competente equipe, que são a certeza de que nosso futebol retomará sua trajetória de sucesso. Estaremos presentes, dentro ou fora do estádio, sempre à disposição para contribuir no que for necessário. O Cruzeiro é de todos e é um só.”

Com a assinatura do contrato finalizada, o Cruzeiro agora volta suas atenções integralmente à aspectos de gestão e qualificação organizacional do Futebol. Já nas próximas semanas será apresentada a reestruturação completa com o novo organograma do clube.

 

Confira as principais notícias do Cruzeiro no canal da Itatiaia no Youtube