Notícias

Projeto pode obrigar motociclistas a usar antenas contra linhas cortantes em Belo Horizonte

Por Redação, 13/08/2019 às 08:38
atualizado em: 13/08/2019 às 08:51

Texto:

Foto: Rovena Rosa/ Agência Brasil
Rovena Rosa/ Agência Brasil

Um projeto de lei quer tornar obrigatória a utilização de antenas protetoras em motocicletas em Belo Horizonte. O objeto é recomendado para proteger contra linhas cortantes, mas não está previsto no Código de Trânsito Brasileiro. 

A proposta, que já foi votada em primeiro turno na semana passada, está na pauta desta terça-feira da Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH). Caso seja aprovada, a medida segue para sanção ou veto do prefeito Alexandre Kalil (PSD). 

Autor da proposta, o vereador Carlos Henrique (PMN) ressalta que medidas de contenção ao uso de linhas cortantes são insuficientes para evitar acidentes. “Mesmo que policie, eles não vão acabar com a linha chilena e o cerol em grandes aglomerados. A medida dará mais segurança”, diz. 

O parlamentar admite que motociclistas queixaram de um possível dano estético, mas disse estar “preocupado com segurança, e não com a beleza do veículo”. 

De acordo com o projeto, o motociclista estará sujeito a multas caso não cumpra a determinação. O valor da punição será determinado pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH).

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    As informações sobre a semana e os eventos serão transmitidos nas redes sociais do ministério e da Secretaria Nacional da Juventude.#Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽️Técnico do América não poupou críticas à atuação do juiz Felipe Fernandes de Lima no clássico contra o Atlético. #itatiaia

    Acessar Link