Notícias

Presidente da CBDL alerta para prejuízo de mais de R$ 1 bi, caso testes de covid-19 percam validade

Uma reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, publicada no domingo (22), revelou que o Ministério da Saúde armazena um estoque com milhões de testes que podem perder validade nos próximos meses

Por Redação , 26/11/2020 às 13:35
atualizado em: 26/11/2020 às 13:51

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Divulgação/PBH
Divulgação/PBH

De acordo com o Ministério da Saúde, há cerca de 7 milhões de testes estocados

A Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial (CBDL) cobra da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), um posicionamento urgente sobre o problema de validade de testes da covid-19. A entidade critica ainda a condução deste processo pela Agência.

De acordo com o presidente da CDBL, Carlos Eduardo Gouveia, há chances de que os testes não tenham validade prorrogada. 

"Para nossa surpresa, houve uma indicação da Procuradoria-Geral da Anvisa de que não seria possível [prorrogar] e, caso isso aconteça, o prejuízo seria enorme. Nós estamos falando de quase R$ 1,5 bilhão leão de produtos em boas condições, eficazes e que teriam que ser jogados fora em um momento de segunda onda, onde a testagem é fundamental", diz.

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Correia Medeiros, afirmou que a pasta recebeu um estudo da Organização Panamericana de Saúde (Opas) para a ampliação do prazo de validade dos testes de Covid-19. Mas a prorrogação depende de análise da Anvisa.

Entenda

Uma reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, publicada no domingo (22), revelou que o Ministério da Saúde armazena um estoque com milhões de testes que podem perder validade nos próximos meses.  

O Ministério da Saúde informou que, os estudos da Opas à pedido da pasta, atestam que o prazo pode ser prorrogado de 8 para até 12 meses.

De acordo com o Ministério da Saúde, há cerca de 7 milhões de testes estocados. Deste total, a validade de 2, 814 milhões termina em dezembro e, de quase 4 milhões, em janeiro.

Embora haja cerca de 7 milhões de testes em estoque, o diretor de logística do ministério da saúde, Roberto Ferreira Dias, revelou que a pasta possui apenas 600 mil kits para fazer a análise dos resultados. Segundo ele, há um processo em andamento para  aquisição de mais 8 milhões de kits.

 

 

 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Padre Paulo Roberto Marques morreu afogado após cair no poço da Cachoeira Lavadeiras, no distrito de Curimataí, em Buenópolis. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Mais de 87 mil doses do imunizante desembarcam nesta tarde no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins. #Itatiaia

    Acessar Link