Notícias

PM coloca Bope, Choque e Rotam nas ruas da Grande BH para conter onda de ataques a ônibus 

Por Redação , 15/09/2020 às 08:19
atualizado em: 15/09/2020 às 12:51

Texto:

Foto: Renato Rios Neto
Renato Rios Neto

A Polícia Militar (PM) inicia nesta terça-feira uma megaoperação para acabar com a onda de ataques contra ônibus registrada em BH e em cidades da região metropolitana nos últimos dias. Batizada de Fênix, a operação não tem data para terminar. 

A operação, lançada oficialmente nesta manhã, conta com mais de 100 militares de diversos batalhões (Bope, Choque, Rotam), mais de 40 viaturas -inclusive os caveirões- e com o apoio aéreo do helicóptero Pegasus. A atuação é principalmente nos bairros da região Norte de BH. 

“O objetivo dessa operação é realizar mesmo uma saturação na região metropolitana, com o intuito de prevenir esse tipo de crime que começou a ocorrer recentemente aqui na nossa região de Belo Horizonte, Betim e Vespasiano”, explicou o major Rafael, assessor de comunicação do Comando de Policiamento da Capital.

De acordo com ele, o serviço de inteligência já tem nomes de pessoas suspeitas de envolvimento com os ataques, que seriam ordenados por detentos do sistema prisional de Minas.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Rádio Itatiaia (@itatiaiaoficial) em 15 de Set, 2020 às 4:44 PDT

Quarto no mês 

Mais um ônibus foi incendiado na Grande BH no começo da madrugada desta terça-feira, desta vez em Vespasiano, na região metropolitana. O coletivo da linha 5505 (bairro Serra Dourada/ Terminal Morro Alto) foi queimado na rua Principal, bairro Serra Dourada, próximo à Escola Municipal Maria Fonseca.

Os autores seriam dois adolescentes e a suspeita é que o crime tenha sido ordenado por bandidos no sistema prisional. 

Foi o quarto coletivo incendiado em setembro na Grande BH. O primeiro incêndio a ônibus no mês foi registrado na quarta-feira (9), no bairro Jardim Vitória.

Dois dias depois, no mesmo bairro, outro coletivo foi alvo de criminosos, que cercaram o veículo, mandaram todos descerem e atearam fogo usando gasolina.

No último sábado (12), um ônibus foi incendiado na altura do bairro Jardim Felicidade. 

A informação é que o os crimes seriam ordenados por patrões do crime que estariam insatisfeitos com a transferências de alguns presos da Nelson Hungria para o interior. Outra reclamação seria o endurecimento de alguns procedimentos na penitenciária. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Tem um brasileiro preso injustamente na Rússia' #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Na Onda Verde estão liberados o funcionamento de teatro, cinemas, parques e feiras, por exemplo. #Itatiaia

    Acessar Link