Notícias

Pílula que promete proteção da pele não deve ser substituída pelo bom e velho protetor solar, afirma médico

Por Aline Campolina/Itatiaia, 14/02/2020 às 10:39
atualizado em: 14/02/2020 às 10:49

Texto:

Foto: Itatiaia
Itatiaia

Apesar da chuva e do tempo nublado dos últimos dias, alguns cuidados devem ser redobrados durante o verão, principalmente para quem pretende curtir as festas de rua do carnaval. Além do tradicional protetor solar, o mercado oferece outras alternativas. Hoje existem, inclusive, comprimidos que prometem fazer a proteção da pele.

Segundo Lucas Miranda, dermatologista, “já existem alguns ativos fotoprotetores, que são substâncias que protegem o núcleo de nossas células contra radicais livres gerados pelo sol. Então, eles funcionam como um soldado contra aquilo que o sol gera de malefício na nossa pele”, explica o médico sobre a pílula de proteção de pele.

Mas, o dermatologista faz um alerta e diz que o bom e velho protetor solar continua sendo o mais indicado. “A recomendação é que a gente não substitua o protetor solar em creme. Essas pílulas ajudam em situações específicas, de pacientes que têm algum tipo de patologia de pele sensível ao sol, como melasma ou lúpus, e a gente usa para agregar força, não para substituir”, afirma.

Lucas Miranda lembra de outras formas de proteção. “Existem outras maneiras eficazes, como o uso de roupas com proteção ultravioleta, evitar o sol naquele período crítico entre 10h e 15h, ao sair na rua evitar exposição solar direta (procurar andar debaixo de marquises ou de árvores), entre outros”, ressalta.

Com as crianças e os idosos, os cuidados com a pele devem ser redobrados. “São dois públicos mais sensíveis a tudo. No caso da criança, é uma pele não completamente formada, uma pele que não está completamente pronta para receber aquele estímulo nocivo do sol. E a pele do idoso, em contrapartida, é a pele que já foi muito danificada pelo sol ao longo da vida. Então, a chance de acontecer algum problema, como um câncer de pele, é muito maior” detalha o médico.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link