Notícias

Pesquisador da UFMG defende que Minas torne mais rígido isolamento social

Professor cita medidas adotadas pela capital mineira e os resultados obtidos até aqui pelo município

Por Eustáquio Ramos , 29/07/2020 às 19:29
atualizado em: 29/07/2020 às 19:33

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Pixabay
Pixabay

RESUMO

  • Pesquisador da UFMG defende que Minas torne mais rígido isolamento social 
  • Professor cita medidas adotadas pela capital mineira e os resultados obtidos até aqui pelo município 
  • Você confere a entrevista completa em áudio disponível na matéria  


O pesquisador do núcleo de Educação em Saúde Coletiva da Faculdade de Medicina da UFMG, Francisco Carlos Cardoso de Campos, defende que Minas Gerais torne mais rigoroso por alguns dias o isolamento social para que o número de casos e óbitos de covid-19 comece a cair.

O pesquisador até comemora o fato de o estado estar em um patamar de controle da transmissão da doença próximo do nível 1. Ou seja, um infectado transmite para apenas uma outra pessoa. Mas mesmo assim é preciso controlar mais os contatos pessoais. 

“Apesar de Minas Gerais está em instabilidade de casos e em um patamar bastante elevado, nós temos iminência desse número começar a baixar. É um um esforço relativamente pequeno de aumento da taxa de distanciamento social, o chamado isolamento social. É o momento mento que a gente não pode afrouxar isolamento de forma alguma. Nós temos que fazer como Belo Horizonte conseguiu fazer. Desde o início do mês de julho, Belo Horizonte vem mostrando uma queda consistente no número de casos notificados no dia a dia. Sugere-se que a ocupação de leitos das UTI na cidade vai começar a cair nos próximos dias”, argumentou o pesquisador.
 
Ouça a entrevista completa no início da reportagem.  
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Zagueiro se reapresentou nesta segunda, junto ao grupo que teve recesso após o fim da temporada 2020 #itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Homem também teria ameaçado os policiais #itatiaia

    Acessar Link