Notícias

Pedrinho BH critica gestão de futebol do Cruzeiro: 'não vou ficar salgando carne podre'

Principal patrocinador do Cruzeiro e proprietário do Supermercados BH, o empresário Pedro Lourenço disparou contra a diretoria celeste em entrevista exclusiva à rádio Itatiaia na tarde de sábado (2)

Por Thiago Reis e Lara Alves, 02/10/2021 às 16:17
atualizado em: 02/10/2021 às 21:12

Texto:

Foto: Alexandre Simões/Itatiaia
Alexandre Simões/Itatiaia

Pedro Lourenço, dono do Supermercados BH, critica gestão de futebol do Cruzeiro

Principal patrocinador do Cruzeiro e proprietário do Supermercados BH, o empresário Pedro Lourenço disparou contra a diretoria celeste em entrevista exclusiva à rádio Itatiaia na tarde de sábado (2) no intervalo da partida entre Villa Nova e Democrata, em Nova Lima, à região metropolitana de Belo Horizonte, pelo módulo II do Campeonato Mineiro.

Pedrinho classificou a atual gestão de Sergio Santos Rodrigues como incompetente e cravou que, se não houver mudanças, o Cruzeiro permanecerá na Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro indefinidamente. 

“Incompetência total da gestão do Cruzeiro. Eles não ouvem a gente, não ouvem. Se não tomar providências, vai ficar o resto da vida na Segundona. Tem que começar na segunda-feira (a mudança), mudar, estruturar, limpar um monte de coisa que está errada no Cruzeiro”, disse. O patrocinador também criticou os salários atrasados. “Ali tem um monte de gente à toa que não produz nada e recebe. Você tem meses de salários atrasados. Cozinheira com salário atrasado, segurança com salário atrasado, isso não se faz com o ser humano. Tem que mudar”. 

Sobre o pagamento adiantado da cota do patrocínio master de 2023 que garantiu a contratação de Vanderlei Luxemburgo, uma vez que foi condicionada à garantia de que os salários estariam em dia, o empresário explicou: “Quando foi falado com Vanderlei, ele exigiu salário em dia. Não só de jogador. Porque jogador não joga sozinho. E os caras que ganham mil? Dois mil? Três mil? Eu comprei um patrocínio de 2023. Cerca de R$ 8 milhões que era para acertar tudo. Foi feito o pagamento. Agora, quem pagou e quem não pagou eu não sei falar. Depois disso, o presidente não pagou nada”. 

Críticas a Rodrigo Pastana e SSR

O diretor de futebol do Cruzeiro, Rodrigo Pastana, e o atual presidente Sérgio Santos Rodrigues foram alvos das críticas do patrocinador do clube celeste. Em relação ao diretor, Pedro Lourenço disparou: “não deveria nem ter passado na porta da Toca”. Ele continua: “Se não mudar muita coisa no Cruzeiro, não vai adiantar. Tem que mudar diretoria de futebol. Se não mudar, não tem meu apoio. Não vou ficar salgando carne podre”. 

Indagada sobre as críticas feitas por Pedro Lourenço, a assessoria do Cruzeiro informou ao repórter Samuel Venâncio que o clube não irá se posicionar a respeito. 

Confira as principais notícias do Cruzeiro no canal da Itatiaia no Youtube


Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    DNIT informou que a obra irá atrasar, já que só vai poder ser iniciada após o local ser estabilizado

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    E a tendência é que os números continuem subindo. O pico de casos da doença é esperado para a última semana de janeiro

    Acessar Link