Notícias

PBH pisa no freio e não amplia horário de funcionamento de bares e restaurantes, após reunião do Comitê 

Infectologista afirma que flexibilização depende da 'taxa de contágio e da taxa de normalidade'

Por Da Redação , 21/07/2021 às 19:42
atualizado em: 21/07/2021 às 21:03

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Pixabay
Pixabay

A Prefeitura de Belo Horizonte disse que ainda não se decidiu sobre a ampliação do horário de funcionamento de bares e restaurantes. A informação veio após reunião do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 nesta quarta-feira (21). 

Nessa terça-feira (20), o presidente do Sindicato Patronal de Hotéis, Motéis, Restaurantes, Bares e Similares de BH e Região Metropolitana (SindiHBares), Paulo César Pedrosa, afirmou que durante uma reunião na PBH, Kalil teria dito que ampliaria o de funcionamento dos estabelecimentos de 22H para até às 23h ainda nesta semana.

Durante a reunião do Comitê de enfrentamento a pandemia, na tarde desta quarta-feira (21), os infectologistas teriam freado a ampliação. De acordo com o presidente da Sociedade Mineira de Infectologia e membro do Comitê, Estevão Urbano, a possibilidade de uma maior flexibilização precisa ser analisada com cautela. 

 “Isso dependerá basicamente da taxa de contágio e da taxa de normalidade, a partir da matriz de risco que Belo Horizonte está aplicando para flexibilização dos setores. Então a partir do momento em que a taxa de normalidade atingir patamares seguros, geralmente acima de 80%, será possível essa flexibilização. Não sabemos quando isso acontecerá, poderá ser em dias ou semanas, mas sempre respeitando o indicador epidemiológico” explicou o infectologista. 

Segundo Estevão Urbano, caso haja essa flexibilização ela deverá ter um rigor maior dos protocolos para o funcionamento dos estabelecimentos. “Quanto maior o número de horas que as pessoas ficam em bares, maior a chance deles [os protocolos] serem descumprimos e o contagio aumentar. Mas ainda não temos exatamente a ideia de quando isso acontecerá, porque dependerá da matriz de risco que está sendo medida todos os dias em Belo Horizonte” contou. 

Conforme apuração da reportagem da Itatiaia, a Prefeitura deve aguardar mais um dia para decidir se aumentará ou não o tempo de funcionamento dos bares e restaurantes. Caso decida pela mudança ainda nesta semana, um decreto alterando os horários dos estabelecimentos deve ser publicado somente na próxima sexta-feira (23).

Atualmente o horário de funcionamento de bares e restaurantes é de 11h às 22h. A última alteração nesse sentido foi anunciada pela prefeitura no dia 9 de junho, para que a partir do dia 12 os estabelecimentos do setor pudessem manter as atividades até 22h, e não mais até 19h. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Brasil enfrenta as holandesas neste sábado, às 8h (horário de Brasília). #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ➡ Pedido de derrubada do decreto foi feito pelos vereadores da Frente Cristã da CMBH. #Itatiaia

    Acessar Link