Notícias

Pai que pagava para que filho com deficiência fosse estuprado é preso em operação em MG

Investigações da polícia indicaram que o suspeito de 42 anos explorava sexualmente o filho de apenas 12 anos – operação aconteceu no Vale do Mucuri, e outros três homens foram presos também

Por Com informações de Leandro Silva, 06/12/2021 às 22:38
atualizado em: 06/12/2021 às 23:05

Texto:

Foto: Polícia Civil de Minas Gerais/Divulgação
Polícia Civil de Minas Gerais/Divulgação

Um homem de 42 anos foi detido pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) em operação em Águas Formosas, no Vale do Mucuri, suspeito de explorar sexualmente o próprio filho com deficiência.

A criança de 12 anos era estuprada a mando do pai, que chegava a pagar para que suspeitos mantivessem relações com o menino.

A ação é parte da operação Cambion, que aconteceu nesta segunda-feira (6), e garantiu a prisão de outros três suspeitos de crimes ligados a estupro de vulnerável.

A primeira etapa da operação aconteceu em outubro. Na ocasião, três suspeitos foram detidos – entre eles dois idosos de 72 e de 76 anos. Até agora, sete mandados de prisão foram cumpridos; três na primeira etapa, e quatro na que foi deflagrada nesta segunda-feira.

Quatro mandados são por condenações de estupro de vulnerável, e outros três são pedidos de prisão preventiva.

Os suspeitos detidos foram encaminhados ao sistema prisional e estão à disposição da Justiça. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Além do primeiro líder, a disputa irá consagrar o primeiro anjo autoimune #itatiaia70anos

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Estado tem o quarto maior rebanho bovino do Brasil com mais de 22 milhões de cabeças #itatiaia70anos

    Acessar Link