Notícias

Ossada encontrada em Nova Serrana pode ser de Eliza Samudio

Rádio Itatiaia

Por Fábio Rocha, 07/07/2016 às 00:07

Texto:

Uma ossada humana encontrada em Nova Serrana, no Centro-Oeste de Minas, pode ser de Eliza Samudio, desaparecida desde junho de 2010. O corpo foi encontrado no fim de janeiro deste ano e um repórter levantou a possibilidade de ser da ex-modelo por causa das características semelhantes. 
 
O jornalista atentou-se para o fato de que, na época do desaparecimento de Eliza, a ex-mulher de Macarrão morava em Alberto Isaacson, distrito de Martinho Campos, que fica próximo à Nova Serrana.
 
A Polícia Civil começou a investigar o caso apenas na última segunda-feira e, após o delegado Rodrigo Noronha receber o laudo de antropologia do Instituto Médico Legal (IML), verificou-se que as características são semelhantes às da ex-modelo. Para afastar qualquer dúvida, decidiu-se por realizar um exame comparativo de DNA para que se possa comprovar se o corpo é realmente de Eliza.
 
Vários indícios chamaram a atenção da polícia. Um deles é a arcada dentária. “O que chamou a atenção é a perfeição dos dentes da vítima. Podemos ter outras pessoas da cidade que também tenham as mesmas características, mas 90% das vítimas de homicídio da comarca são de usuários de drogas ou de traficantes. Geralmente, essas vítimas não têm uma perfeição como a encontrada na ossada, que era muito bem cuidada”, explicou Noronha.
 
O delegado relatou ainda que percebeu que o crânio é bem diferente dos achados na região. “Esse crânio encontrado é de uma dimensão maior, foge um pouco das características dos crânios que encontramos aqui (em Nova Serrana)”, disse, detalhando que a altura também é parecida com a de Eliza: “Inclusive, a estatura do corpo é de 1,70 metro”.
 
Noronha tratou de explicar que a investigação ainda está no início, mas outro indício encontrado é uma marca no lado esquerdo crânio. Segundo os autos do processo, Eliza Samudio foi agredida com uma coronhada na cabeça. “Realmente, nós encontramos uma lesão contundente no lado esquerdo do crânio, que pode ter sido provocado por um instrumento qualquer”, declarou, explicando ainda que o crânio possui duas marcas de tiros, caso típico de execução.
 
A ossada foi encontrada em uma vala de aproximadamente 6 metros de profundidade e, de acordo com o delegado, o corpo foi enterrado próximo a uma estrada de terra e só apareceu por causa da erosão provocada pela chuva.
 
As investigações continuam e o resultado do DNA que irá comprovar se o corpo encontrado é mesmo da modelo deve sair na próxima semana.
 
Ouça a entrevista completa feita por Eduardo Costa com o delegado Rodrigo Noronha
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Partida acontece nesta terça-feira (7), às 11h. No jogo de ida, times empataram por 0 a 0. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/galo-x-bragantino-fazem-final-do-bras...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Militares do Corpo de Bombeiros também atuam, nesta segunda-feira (6), para evitar reignição no Parque das Mangabeiras, em BH. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/s...

    Acessar Link