Notícias

‘O maior desafio é lidar com a dor e seguir em frente’, diz jovem que perdeu a avó em Brumadinho

Por Redação , 13/01/2020 às 10:07
atualizado em: 13/01/2020 às 10:39

Texto:

O maior desafio para o jovem Jeferson Custódio, de 21 anos, não é assumir as obrigações de líder comunitário do Córrego do Feijão, função que passou a exercer desde o rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, em 25 de janeiro do ano passado. “O maior desafio é lidar com a dor e conseguir seguir em frente”.

Ele perdeu a avó e, agora, além dos compromissos como líder comunitário, tem que cuidar de dois irmãos mais novos de 14 e 16 anos. Em conversa com a reportagem da Itatiaia, ele desabafa sobre o dia que considera o mais difícil desde a tragédia. 

“O dia mais difícil foi ir à delegacia buscar o laudo da minha avó e ver o estado que minha avó ficou. Nenhum filho, e para mim minha avó era como se fosse minha mãe, merece ver o corpo da mãe tão violado como eu vi. Uma atrocidade. A Vale moeu as pessoas, como se elas passassem dentro de um liquidificador, jogando estruturas, caminhões”. 

O fato de a Vale saber dos efeitos que o rompimento da barragem poderia provocar é criticado por Jeferson. “Treinaram as pessoas para a morte porque lá dentro eles sabiam que a lama desceria, atingiria a pousada, o pontilhão”. 

“Minha avó era uma pessoa muito boa, que não merecia ter o fim que teve. Ainda mais com tanta dor, porque não tem como acreditar que uma pessoa que morreu daquela forma não sentiu dor”, completa.

Jeferson é um dos personagens da série “Memórias de um ano que não passou”, da Itatiaia, que traz relatos de pessoas atingidas e que perderam entes queridos, como forma de homenagear as vidas levadas pela lama. 

Ouça também outros episódios da série:

‘O lugar ficou muito triste’, desabafa moradora de comunidade em Brumadinho

‘Esse filme de terror nunca vai acabar’, desabafa moradora de comunidade de Brumadinho

Líder comunitário de Brumadinho teme por continuidade do comércio após a tragédia

Moradora de Brumadinho fala sobre saudade de namorado, com quem se casaria

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    “O bolsão que se rompeu possuía a capacidade de 1 milhão de metros cúbicos de água e a barragem que recebeu esse volume de água possuía a capacidade para 4 milhões de metros c...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Motoristas que passam pelo local devem redobrar a atenção, pois houve derramamento de óleo na pista.

    Acessar Link