Notícias

‘Não coloquei candidatura contra o Conselho Gestor’, diz Sérgio Santos Rodrigues à Itatiaia

Por Redação , 28/03/2020 às 19:04
atualizado em: 29/03/2020 às 20:13

Texto:

Foto: Ricardo Barbosa/ ALMG
Ricardo Barbosa/ ALMG
00:00 00:00

Candidato à presidência do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues falou, em entrevista exclusiva à Itatiaia neste sábado, sobre o momento político do clube e sobre as eleições marcadas para o dia 21 de maio. Nessa sexta-feira (27), membros do Núcleo Dirigente Transitório divulgaram uma nota ameaçando deixar o comando do clube caso a eleição ocorra.

Sérgio disse que, em fevereiro, um acordo foi fechado para ele ser candidato do Grupo Transparência. No entanto, dias depois do acerto, durante uma viagem aos Estados Unidos, foi surpreendido com a notícia que o Conselho Gestor lançaria um candidato.

“O que tem de ficar claro primeiro é que eu não coloquei candidatura contra o Conselho Gestor. Eu fui candidato, sou ainda, de um grupo com uma base de 80 conselheiros, aproximadamente, que me lançou candidato novamente. E aí, contra isso o Conselho Gestor tomou sua atitude sozinha, numa reunião fechada de sete pessoas, para poder lançar um outro candidato. Essa é a realidade da coisa que aconteceu”.

Sérgio Rodrigues cita ainda um encontro para tentar chegar a um acordo, com possibilidade até de uma composição. “A resposta do Dalai (José Dalai Rocha) foi que o Emílio (Brandi) já é o presidente do Cruzeiro. Ele é apoiado pelo Conselho Gestor, então já é presidente do Cruzeiro”, disse. “A partir dali consultamos o grupo e esse grupo sustentou a nossa candidatura”, completou. 

Sérgio sugere que na eleição do dia 21, além de escolher o presidente, os conselheiros digam se aceitam ou não que o vencedor permaneça por 3 anos e meio. “Se a maioria aprovar, tá aprovado, independentemente do que está no estatuto. O conselho é soberano”, disse, que defende a modernização do estatuto e votação online.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    "A família me procurou no início do mês, estava preocupada por ele estar sem advogado", explicou o advogado #itatiaia

    Acessar Link