Notícias

Motoristas de ônibus de BH se irritam com prefeitura, fazem protesto e prometem greve

Categoria não foi chamada para reunião convocada por Kalil e travou avenida Antônio Carlos no fim da tarde

Por Redação, 19/11/2021 às 19:15
atualizado em: 19/11/2021 às 21:33

Texto:

Foto: Marcello Pereira/Itatiaia
Marcello Pereira/Itatiaia

Motoristas prometem greve a partir da próxima segunda-feira (22)

Após declarar estado de greve a partir da madrugada de segunda-feira (22), motoristas de ônibus de Belo Horizonte fizeram uma manifestação e interromperam o trânsito na avenida Antônio Carlos, que liga o centro à região Norte da capital. Os trabalhadores alegam que não foram chamados para uma reunião nesta sexta-feira (19) convocada pela Prefeitura de Belo Horizonte com as empresas de ônibus para tentar frear a greve dos motoristas. 

Um dos representantes da categoria, Sérgio Duarte, alega que os motoristas estão há dois anos sem reajuste salarial e que estão acumulando duas funções, com a cobrança das passagens. 

"A Prefeitura chamou as empresas para negociar e não solicitou que o sindicato também fosse. É uma falta de respeito, já estamos há mais de dois anos sem aumento de salário e carregamos a população toda. Fomos um dos últimos a ser vacinados, colocando a família em risco, perdendo trabalhador para a covid, perdendo trabalhador por conta de excesso de trabalho e exercendo duas funções", afirmou. 

A manifestação começou por volta das 16h e travou o trânsito na região. Em seguida, os motoristas se deslocaram para a Estação Pampulha. De acordo com Duarte, "hoje foi só uma manifestaçãozinha, a partir de segunda-feira vamos fazer greve por tempo indeterminado". 

Os motoristas pedem o INPC mais 9% de reajuste para compensar, segundo eles, as perdas salariais dos últimos anos. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Atenção! Veja qual é o calendário da semana para a vacinação em Belo Horizonte

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Além de inafiançável e imprescritível, a pena para quem comete crime de racismo é de três a cinco anos de detenção

    Acessar Link