Notícias

Maioria dos brasileiros considera pandemia de Covid-19 muito grave e é favorável ao isolamento

Por Redação , 01/04/2020 às 06:36
atualizado em: 01/04/2020 às 11:55

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00

Pesquisa da Quaest Consultoria, feita com exclusividade para a Rádio Itatiaia, mostra que 85% dos entrevistados consideram a pandemia do novo coronavírus muito grave e apenas 2% acham a situação pouco grave. O levantamento foi feito por coleta digital entre 19 e 23 de março, com mil pessoas de 114 municípios dos 26 estados e do Distrito Federal. A margem de erro é de 3,1%.

Mais de 90% das pessoas pretendem evitar eventos públicos, lavar as mãos mais vezes ao longo do dia, evitar sair de casa, procurar se informar, evitar proximidade física e cancelar viagens. A pesquisa também aponta que 95% são favoráveis ao governo estipular quarentena para indivíduos infectados, 93% concordam com o cancelamento de eventos de grandes públicos e 92% são a favor do aumento dos gastos com saúde pública.

Sobre o trabalho do governo federal, 15% acham que Bolsonaro está lidando muito bem com a crise do coronavírus, enquanto 32% acham que ele está lidando muito mal. Entre os de esquerda, 91% acham a pandemia muito grave; entre os de direita, 81%. 

Para 72%, a imprensa e as pessoas não estão exagerando em relação à pandemia. Para quem avalia bem o governo, 34% acham que há sim exageros; para quem avalia mal o governo, só 17% acham que há exagero.

Confira alguns resultados das pesquisas:

QuaestQuaest

QuaestQuaestQuaestQuaest
QuaestQuaestQuaestQuaestQuaestQuaest

Quaest Quaest Quaest Quaest

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Segundo especialistas, em torno de 80% dos pacientes podem ser curados. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    De acordo com a nota publicada nas redes sociais, Kátia tem comprometimento dos pulmões abaixo de 50%. #Itatiaia

    Acessar Link