Notícias

Inovação é fundamental para promover o avanço das empresas e da sociedade

A Vale tem avançado em busca de soluções integradas para questões fundamentais como segurança, saúde, meio ambiente e sustentabilidade.

Por Redação, 16/02/2021 às 12:00
atualizado em: 09/04/2021 às 15:26

Texto:

Com objetivo de resolver desafios internos que tem potencial de gerar impacto positivo no mundo, a Vale tem buscado projetos para ajudar a solucionar problemas globais, desenvolvendo projetos que possam apoiar a indústria da mineração como um todo e melhorar a vida das pessoas.

Após o sucesso da primeira edição, encerrada no ano passado, a mineradora lança o MINE 2.0 - Mining Innovation for a New Environment. Um programa de inovação aberta desenvolvido em colaboração com instituições que são referência em inovação e sustentabilidade, como MIT Professional Education e MIT Environmental Solutions Initiative do Reino Unido, o Senai Cimatec e a aceleradora The Bakery.

As instituições oferecem conteúdos técnicos, mentorias, palestras, discussões, elaboração e desenvolvimento de projetos, buscando construir uma mineração do futuro, com foco na sustentabilidade, segurança e eficiência. 

Serão selecionadas 30 pessoas para o desenvolvimento de 10 desafios e o programa terá duração de 9 meses, de abril a dezembro.

Alexandre Salomão, Gerente do PowerShift, programa de descarbonização na Vale que tem como objetivo transformar a matriz energética da empresa por meio de fontes renováveis e limpas, detalha qual será o foco desta edição: “O MINE 2.0 busca resolver desafios em 3 áreas, principalmente. A primeira delas é Saúde e Segurança, a segunda é Descarbonização e a terceira é a Economia Circular. Nós escolhemos esses desafios porque, além do impacto que eles têm nas operações da Vale, eles têm uma relevância muito grande para a sociedade. Quando falamos em Descarbonização estamos falando que os desafios deste tema estão alinhados ao nosso compromisso de reduzir em 33% as emissões de carbono até 2030 e nos tornarmos carbono neutra até 2050. Esta meta está alinhada aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU e com o Acordo de Paris. Queremos acelerar o desenvolvimento sustentável e encontrar novas aplicações para realizar o reaproveitamento de rejeitos arenosos de minério de ferro. Os desafios neste tema objetivam ressignificar os rejeitos da mineração como matéria prima para outras indústrias, através de processos produtivos capazes de utilizar os rejeitos como insumos na criação de produtos de alto valor agregado. Desta forma, fomentamos a economia circular e geramos valor para todos os envolvidos. Além de tudo isso, conectados com a missão, a visão, os valores, os nossos comportamentos-chave e a estratégia, queremos minimizar riscos e preservar vidas e o meio ambiente, uma vez que para nós, a vida é mais importante do que a produção”.

Essas soluções serão buscadas em todo o mundo e há um intercâmbio de tecnologia e conhecimento com outras instituições, como explica Alexandre: “A inovação aberta é uma parte importante da nossa estratégia de inovação. A Vale promove eventos, tem interação com startups e universidades, associações e instituições ligadas à inovação e ao desenvolvimento de tecnologia. O MINE é uma iniciativa que nos ajuda a manter a conexão com essas instituições integrantes da rede de inovação no mundo. Dentro do programa teremos os dez desafios, selecionados pelo time técnico da Vale, além dos nossos parceiros apresentando o conteúdo, atuando na coordenação e orientação de todos os participantes”.

As inscrições para o MINE 2.0 estão abertas. O Programa é orientado para profissionais movidos por desafios e com espírito empreendedor, inglês fluente, graduados ou pós-graduados. Também será considerada experiência em pesquisa e inovação na área industrial e nos temas dos desafios selecionados. Para participar, não há restrição de idade ou de data de formatura. 

Alexandre Salomão fala um pouco mais sobre como será o processo seletivo: “O processo seletivo será realizado de forma totalmente on-line assim como as demais etapas do programa, e que foi adaptado para seguir as orientações de prevenção à COVID-19. Caso a gente tenha alguma mudança no cenário, poderemos atuar de uma forma diferente, mas nesse momento, todo o programa será feito à distância”.

Os participantes receberão uma bolsa de estudos no valor de R$ 6 mil e deverão se dedicar de maneira exclusiva ao programa. 

As inscrições podem ser realizadas até o dia 28 de fevereiro pelo site www.vale.com/mine.

Para conferir um bate-papo completo sobre esse assunto com o time de inovação da Vale clique e acesse o Itacast Mineração Dia a Dia. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Partida acontece nesta terça-feira (7), às 11h. No jogo de ida, times empataram por 0 a 0. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/galo-x-bragantino-fazem-final-do-bras...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Militares do Corpo de Bombeiros também atuam, nesta segunda-feira (6), para evitar reignição no Parque das Mangabeiras, em BH. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/s...

    Acessar Link