Notícias

Zema vai a Brasília em busca de recursos pra reparar cidades destruídas por chuvas

Reparo das chuvas em Minas, linha férrea entre o estado e o Espírito Santo e metrô de BH entraram na pauta da reunião da manhã desta quinta-feira

Por Gabriela Speziali , 23/02/2021 às 15:22
atualizado em: 23/02/2021 às 18:47

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Pedro Contijo/ Imprensa MG
Pedro Contijo/ Imprensa MG

Imagem de arquivo entre o governador e o presidente do Senado Federal

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo) cumpriu agenda na manhã desta terça-feira (23) em Brasília, capital federal, e se reuniu com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM), e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas.

“Tratamos, principalmente, da questão dos danos da chuva. Trouxemos uma lista de rodovias e vias que foram afetadas e que precisam de uma reparação urgente. Solicitamos também verba do Governo Federal para que possamos realizar esses reparos com a maior agilidade possível”, explicou. 

Ele completou: “Além desse ponto, foi tratado também a questão da ligação ferroviária entre os estados de Minas e Espírito Santo. Isso porque os portos do estado vizinho podem ter um maior volume de exportação e as rodovias de Minas podem servir como conexão do agronegócio do interior do Brasil para esses portos”.

Senado 

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, deu mais detalhes sobre a conversa no Ministério da Infraestrutura em relação ao Marco Ferroviário, que está sendo debatido no Congresso Nacional.

“Conversamos em relação a esse plano do Marco Ferroviário Nacional. Os estados de Minas, Espírito Santo e Goiás se sentem preteridos, considerando que a malha rodoviária gerou a riqueza decorrente dessas autorgas. Então, a expectativa desses estados é que haja uma contrapartida  e que esse recurso permaneça nesses estados”, esclareceu.

O senador ainda afirmou que o tema do metrô de Belo Horizonte também foi abordado durante a reunião. "Falamos de metrô, que é um compromisso do Ministério da Infraestrutura, de implementar o transporte com um recurso de R$ 1, 2 bilhão e acreditamos que isso possa ser feito nos próximos meses", esclareceu.  

 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    De acordo com a Polícia, ainda não houve aplicação de sanção administrativa, já que não cabe à instituição tomar esta medida. #Itatiaia

    Acessar Link