Notícias

‘Inacreditável’ e ‘vontade de chorar’: Robinho se mostra incrédulo com situação do Cruzeiro

Por Redação/Agência Estado, 10/10/2019 às 00:35
atualizado em: 10/10/2019 às 00:36

Texto:

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro
Vinnicius Silva/Cruzeiro

O clima no Cruzeiro é cada vez mais delicado e, após mais um tropeço, dessa vez em empate sem gols em casa contra o Fluminense, os jogadores se mostraram abatidos na saída de campo. O meio-campista Robinho se mostrou incrédulo com o momento do Cruzeiro. 

“Inacreditável, não sei nem o que falar. Vontade de chorar porque a gente não tem explicação”, resumiu o jogador.

Muitos atletas cruzeirenses deixaram o gramado do Mineirão cabisbaixos e buscando entender o momento pelo qual o elenco passa. O zagueiro Fabrício Bruno chegou a descer para os vestiários chorando.

Com o resultado, o Cruzeiro permanece afundado na zona de rebaixamento, na 18ª posição, com 21 pontos, quatro a menos que o CSA, primeiro clube fora do Z4. Nas 14 rodadas que restam, a Raposa terá que obter um aproveitamento superior a 50% para escapar da degola.

Henrique reclama de gol anulado pelo VAR

O volante Henrique foi na direção contrária e teceu críticas à atuação do árbitro de vídeo. Após o apito final, o camisa 8 foi até o árbitro Jean Pierre questioná-lo sobre a interpretação da falta de Robinho em Gilberto no início da jogada que terminou com gol de Fred.

O VAR viu uma irregularidade no lance em que o jogador do Cruzeiro acertou o pé no rosto do atleta do Fluminense quando caía no chão na disputa de bola.

“Totalmente errada (a interpretação). O Robinho está caindo e não tem intenção nenhuma de fazer a falta, nem olha para o jogador. O VAR interfere toda hora, eles têm que saber interpretar”, esbravejou.

Fábio pede reação

Um dos líderes do elenco, o goleiro Fábio tomou a frente para defender os jogadores e afirmar que não é hora de lamentar, mas buscar forças para reagir nos próximos jogos. "A gente não pode ficar lamentando, a gente joga em uma grande equipe, a pressão é para ser resolvida dentro de campo. Não adianta baixar a cabeça. Enquanto tiver jogos e a gente tiver forças, temos que lutar. A gente tem que lutar pelo torcedor e pela camisa do Cruzeiro", disse.

O goleiro também comentou o gol de Fred anulado. O centroavante marcou aos seis minutos, mas após a consulta do VAR, o árbitro gaúcho Jean Pierre Gonçalves Lima viu falta de Robinho no lance.

"Lutamos, lutamos, lutamos, fizemos um gol, mas infelizmente não valeu novamente. Agora é continuar lutando que uma hora as coisas vão dar certo e vamos voltar a vencer", concluiu.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️ Jogador afirmou não guardar mágoa do Cruzeiro e disse que tem amigos no clube celeste.

    Acessar Link