Ouça a rádio

Compartilhe

Hulk minimiza não convocação para Seleção e garante foco no Atlético: ‘Quero dar alegrias pra Massa’

Atacante não foi lembrado pelo técnico Tite para dois amistosos em junho e ficou mais distante de disputar a Copa no Catar

Pedro Souza/Atlético
Foto: Pedro Souza/Atlético

Hulk marcou seu 16º gol em 17 jogos pelo Atlético nesta temporada

Muitos torcedores sentiram a falta do atacante Hulk, do Atlético, na lista de convocados para os amistosos da Seleção Brasileira em junho contra Coreia do Sul e Japão. Após marcar mais um gol pelo Galo, desta vez na vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-GO, o camisa 7 alvinegro disse que respeita a decisão do técnico Tite, que seguiu optando por jogadores que atuam na Europa. 

“Gostaria de agradecer a todos que confiam no meu trabalho e me pedem na seleção. Mas eu respeito demais o Tite, sei que não é fácil pra ele convocar 23 ou 26 jogadores e tem um leque de opções”, declarou Hulk que marcou seu 16º gol em 17 jogos na temporada. 

Para a posição de Hulk, Tite chamou para os dois amistosos oito jogadores que atuam na Inglaterra, Espanha e França. Foram convocados: Gabriel Jesus (Manchester City), Gabriel Martinelli (Arsenal), Matheus Cunha (Atlético de Madrid), Neymar (Paris Saint-Germain), Raphinha (Leeds United), Richarlison (Everton), Rodrygo (Real Madrid) e Vinicius Júnior (Real Madrid). 

Apesar da não convocação, que afastou ainda mais Hulk de disputar a Copa do Mundo do Catar, o atacante não se mostrou triste e garantiu que está com a cabeça no Atlético para tentar repetir neste ano o desempenho que teve na temporada passada. 

“Eu estou focado aqui no Galo para dar o meu melhor aqui, como foi em 2021. Peço a Deus para que não haja lesão e que eu continue dando alegrias para essa massa que merece demais”, finalizou. 

Confira as principais notícias do Atlético no canal da Itatiaia no Youtube