Notícias

Homem é condenado a 21 anos por matar a enteada no Dia das Mães em BH

O assassinato ocorreu na casa em que a mãe da vítima morava com o padrasto no Morro do Papagaio, na região Centro-Sul de Belo Horizonte

Por Da Redação , 13/01/2021 às 17:30
atualizado em: 13/01/2021 às 20:31

Texto:

Foto: Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

Vítima foi morta no dia em que foi visitar a mãe

RESUMO

  • Homem é condenado a 21 anos por matar a enteada no Dia das Mães em BH
  • O assassinato ocorreu na casa em que a mãe da vítima morava com o padrasto no Morro do Papagaio, na região Centro-Sul de Belo Horizonte


Célio Matosinho de Castro Silva, de 37 anos, foi condenado a 21 anos, um mês e 15 dias de prisão pelo homicídio qualificado da enteada Jennifer Flaviana Soares, que tinha 19 anos na época do crime, que aconteceu no Dia das Mães do ano passado. O assassinato ocorreu na casa em que a mãe da vítima morava com o padrasto no Morro do Papagaio, na região Centro-Sul de Belo Horizonte.

A jovem morava com o marido e a filha em outro endereço. No dia do crime, ela foi até a residência da mãe para fazer uma visita. Porém, ela foi assassinada pelas costas, com golpes de facão no pescoço. No momento do assassinato, a mãe da vítima dava banho em outro filho.

Padrasto e enteada sempre tiveram uma relação conturbada. Quando foi preso, o acusado disse à Polícia Civil que Jennifer falava muitos palavrões e era muito rebelde. Ele afirmou ainda que não se arrependia do assassinato. A polícia acredita que ele possa ter abusado da enteada quando ela tinha cerca de nove anos e desde então a jovem tinha essa relação de conflito com homem. 

Jennifer morou na adolescência com avó materna justamente devido a essa relação conturbada com o padrasto. O homem foi preso três dias após o assassinato e desde então aguarda pelo julgamento preso.

Lucilene Pereira Soares, mãe de Jennifer, pediu que a justiça fosse feita, mas disse não saber porque o homem cometeu o crime. 
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    De acordo com os organizadores, o local foi escolhido para cobrar da Justiça mais agilidade no processo das indenizações. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    De acordo com a prefeitura, operação aconteceu nos principais pontos de bares da cidade. #Itatitaia

    Acessar Link