Ouça a rádio

Compartilhe

Homem acusado de matar ex-companheira estrangulada vai a júri popular nesta quinta, em BH

O homem admitiu o crime e disse que matou esposa porque ela havia traído ele

Foto: CNJ/Divulgação
Foto: CNJ/Divulgação

Estevão Bruno Oliveira Silva, 29 anos, que matou a própria esposa, de 32, enfrenta júri popular no Fórum Lafayette, em Belo Horizonte, nesta quinta-feira (13). O crime ocorreu em 2019, no bairro Jardim Alvorada, na região da Pampulha.

À época, Bruno confessou o crime e disse que fez isso porque teria descoberto uma traição por parte da esposa, Graziele Serra Pereira Santana. A sentença do réu deve ser definida ainda nesta quinta, porém não há previsão de horário para fim do plenário.

Conforme testemunhas, o homem e a mulher estavam juntos há 10 anos e viviam em uma relação bastante conturbada. O plenário conta com a presença de familiares da vítima e do suspeito e também de advogados.