Notícias

Governo de MG diz que detentos gastam 88% de água a mais que cidadão livre e limitará uso

Por Redação, 29/11/2019 às 16:41
atualizado em: 29/11/2019 às 16:47

Texto:

Foto: Itatiaia
Itatiaia

A água ficará à disposição dos detentos nos presídios mineiros por 6 horas por dia. A informação foi anunciada na tarde desta sexta-feira pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). Segundo o órgão, cada preso gasta, em média, 88% do líquido a mais do que um cidadão em liberdade.

Leia a íntegra da nota da Sejusp:

A limitação do uso de água pelos detentos nas unidades prisionais do Estado é uma medida de gestão que busca eficiência no setor público, sem desperdício do dinheiro do contribuinte e com a garantia da manutenção dos direitos dos presos e da pessoa humana.

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) ressalta que serão garantidas seis horas de utilização da água. Também salienta que as individualidades das pessoas em privação de liberdade serão preservadas, sendo situações diferenciadas - como de grávidas, de unidades em regiões historicamente mais quentes do Estado ou com superlotação acima da média estadual - estudadas caso a caso.

A restrição do uso da água não trará prejuízos aos trabalhos de humanização e ressocialização realizados dentro das unidades prisionais. Atualmente, o gasto médio de água de um detento custodiado pelo Estado, segundo o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento, supera em 88% o total de água gasto por um mineiro que não está preso.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    "A família me procurou no início do mês, estava preocupada por ele estar sem advogado", explicou o advogado #itatiaia

    Acessar Link