Notícias

Giovanni reafirma vontade de ficar: 'quero fazer história no Cruzeiro'

Meia disse que tem muita consideração pelo clube, que já considera 'sua casa'

Por Guilherme Piu e Samuel Venâncio, 11/11/2021 às 18:02
atualizado em: 12/11/2021 às 07:29

Texto:

A temporada 2022 agora passará, com mais força, a ser planejada pelo Cruzeiro. A Raposa, que de acordo com o departamento de matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), zerou possibilidade de rebaixamento à Terceira Divisão do Campeonato Brasileiro, passará a pensar no futuro. Quem também já está de olho no ano que vem é o meia Giovanni. O jogador, que tem contrato até dezembro de 2021, ressaltou sua vontade de permanecer na Toca II para fazer história no clube. 

"Quero ficar, esse é o meu desejo, de permanecer aqui no Cruzeiro, como eu sempre falei, para fazer história no clube. Não foi conversado nada de renovação, porque estávamos passando por um momento complicado, onde muitas coisas tinham que ser decididas, como nossos pontos na tabela. Não conversamos em relação a isso. Deixo com o meu agente, ele sabe do meu desejo de ficar aqui no Cruzeiro. As pessoas sabem o quanto eu gosto de estar aqui, o quanto eu gosto de viver o dia a dia no Cruzeiro. A minha vontade é permanecer", garantiu. 

Giovanni tem 38 jogos com a camisa celeste e marcou cinco gols, o último deles na vitória por 2 a 0 em cima do Brusque. Em um chutaço de fora da área, acertou o ângulo do gol catarinense. O bom momento do meia tem um importante responsável. 

"Desde que o professor Vanderlei (Luxemburgo) chegou, ele me ajudou demais, me deu confiança, me colocou para jogar. Confio demais nele em tudo o que ele fala, em tudo o que ele me orienta. Pesa trabalhar com um treinador desse. Você vem para cá e aprende todos os dias. Um treinador que ganhou tudo por onde passou, em todos os clubes por onde passou, títulos importantes. Temos que ressaltar que ele é um vencedor. É um prazer muito grande trabalhar com ele. Logo na chegada dele eu evoluí muito bem, me sinto muito confiante em fazer minha função dentro de campo. Tenho que agradecê-lo pela confiança em mim, e por ter me colocado para jogar", disse. 

Em sua segunda passagem pelo Cruzeiro, já que no ano passado acabou não tendo chances e saiu para o Avaí -- retornando no meio desta temporada --, Giovanni afirma ter uma grande consideração pelo clube. 

"Todos sabem que eu estava passando por um momento difícil, voltando de uma cirurgia que não é fácil a recuperação. O Cruzeiro abriu as portas para mim em um momento em que as pessoas desconfiavam (da condição física do atleta). Tenho que agradecer demais. Sempre ressalto o departamento médico pelo que fizeram por mim, à preparação física. Me sinto muito bem em tudo o que venho fazendo, fisicamente me sinto sobrando em campo em todas as ações que tenho que fazer. Tecnicamente me sinto muito confiante para tomar as decisões dentro de campo, seja um chute, um passe, uma virada de jogo. Me sinto muito bem. Posso dizer que no Cruzeiro eu me sinto em casa", revelou. 

Confira as principais notícias do Cruzeiro no canal da Itatiaia no Youtube


Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Profissionais afastados por atestado têm sido recorrente nos ambientes profissionais da capital

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Homem estaria incomodado com a relação entre mãe e filha

    Acessar Link