Notícias

Galo vence o América em clássico eletrizante e abre três pontos na liderança do Mineiro 

Rivais fizeram a melhor partida do Campeonato Mineiro até agora

Por Rômulo Ávila , 04/04/2021 às 17:52
atualizado em: 04/04/2021 às 19:18

Texto:

Foto: Pedro Souza / Atlético
Pedro Souza / Atlético

Nacho Fernández foi o principal jogador do Galo no clássico

Gols, defesas importantes, jogadas ofensivas, bola na trave, novidades nas escalações e polêmica na arbitragem fizeram do clássico entre Atlético e América o melhor jogo do Campeonato Mineiro até agora. O duelo, válido pela sétima rodada da competição, terminou com vitória do Galo por 3 a 1, gols de Nacho Fernández (2) e Guilherme Arana para o alvinegro e de João Paulo para o Coelho. Com o resultado, o Atlético chegou a 18 pontos, três de frente sobre o América, atual vice-líder.

Os dois rivais, representantes mineiros na Série A do Brasileirão, entraram em campo com novidades nas escalações. No Galo, Cuca deixou o time mais rápido ao apostar no quarteto ofensivo formado por Nacho, Keno, Savarino e Sasha, duas das quatro novidades na equipe (Guga e Igor Rabello foram as outras).  O Coelho também entrou em campo com surpresas. Lisca promoveu os retornos de Diego Ferreira, Zé Ricardo e Ademir, principal aposta ofensiva para o duelo.

Apesar do equilíbrio, o Galo criou as principais jogadas ofensivas, abriu o placar no primeiro tempo e ainda reclamou de uma penalidade não marcada pelo árbitro Marco Aurélio Augusto Fazekas. Por sua vez, o América não se omitiu do jogo e chegou ao empate no começo do segundo tempo com um golaço de João Paulo. O Galo garantiu o triunfo com Nacho e Guilherme Arana, que marcou no final da partida. 

A próxima rodada do Campeonato Mineiro está marcada para o meio da semana. O Atlético recebe o Pouso Alegre, quarta-feira (7), às 16h, no Mineirão. No dia seguinte, às 17h30, o Coelho encara o Patrocinense no Independência.

Primeiro tempo

Com surpresas nas escalações, Atlético e América fizeram um primeiro tempo movimentado, com chances de gols dos dois lados e bastante ofensividade. No final, prevaleceu a superioridade técnica do Galo, especialmente em razão do bom desempenho do argentino Nacho Fernández, que parece se multiplicar em campo.

Com a marcação reforçada no meio, o América tentava parar o ataque atleticano e responder com as descidas em velocidade de Ademir, que voltou a ser escalado em meio à negociação com o Palmeiras.  Mas o Atlético foi melhor nos primeiros 25 minutos. Quase abriu o placar aos 9, após Guilherme Arana cruzar e Savarino desviar de cabeça. 

Com Sasha no lugar de Hulk, o time de Cuca ficou mais leve e encontrava espaços na defesa americana. Aos 15, Guga sofreu falta na intermediária, Nacho Fernández cobrou, a bola desviou em Ademir e enganou o goleiro Matheus Cavichioli: 1 a 0. 

O Coelho teve a chance de empatar aos 20. Junior Alonso errou feio na saída de bola, Rodolfo aproveitou, invadiu a área, mas Everson conseguiu tirar a bola dos pés do atacante. Foi a melhor chance do América na primeira etapa.

O América conseguiu equilibrar o duelo, mas as melhores chances foram do Galo. Aos 30, Sasha recebeu lançamento de Savarino, invadiu a área, foi tocado pelo zagueiro Eduardo Bauermann, caiu, mas o árbitro Marco Aurélio Augusto Fazekas mandou o lance seguir. 

O Galo ainda chegou com perigo outras duas vezes com Keno, mas o placar do primeiro tempo ficou 1 a 0. 

Segundo tempo

A etapa final começou movimentadíssima, com o América em busca do empate e o Atlético tentando ampliar. Quase conseguiu aos 8 minutos. Arana foi à linha de fundo e cruzou no capricho para Nacho Fernández cabecear. A bola bateu na trave e na volta Sasha isolou. 

A resposta do América foi dada de maneira fatal, dois minutos depois. O lateral esquerdo João Paulo recebeu livre, soltou uma bomba de longe e acertou o ângulo esquerdo de Everson: 1 a 1. 

Mourão Panda / América

O duelo ficou ainda mais movimento após o empate do Coelho. Juninho quase virou em chute de fora da área que Everson espalmou para escanteio. O Galo deu troco em seguida com Savarino. 

Precisando da vitória, Cuca resolveu mexer para renovar a força ofensiva. Vargas e Hulk entraram nas vagas de Sasha e Savarino aos 17 e oito minutos depois participaram do segundo gol. 

Em um contra-ataque rápido, Vargas tabelou com Hulk, invadiu a área e tocou para Keno finalizar. Matheus Cavichioli defendeu e, no rebote, Nacho Fernández apareceu para marcar o segundo gol dele no clássico.

Os dois times continuaram procurando o ataque até o final. Aos 43, Arana, que já estava atuando no meio, chutou de fora da área e fez o terceiro.  


Ficha técnica

Atlético: Everson; Guga, Igor Rabello, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Matías Zaracho (Nathan, 17/2°T) e Nacho Fernández (Dodô, 37/2°T); Savarino (Hulk, 17/2°T), Keno (Marrony, 32/2°T) e Eduardo Sasha (Eduardo Vargas, 17/2°T).Técnico:Cuca
 
América: Matheus Cavichioli; Diego Ferreira (Leo Passos, 31/2°T), Eduardo Bauermann, Anderson e João Paulo; Zé Ricardo (Sabino, no intervalo), Alê e Juninho; Ademir (Leandro Carvalho, 36/2°T), Marcelo Toscano (Gustavinho, 21/2°T) e Rodolfo (Ribamar, 21/2°T).Técnico: Lisca 
 
Gols: Nacho Fernández (16/1°T e 25/2°T); João Paulo (10/2°T); Guilherme Arana (43/2°T)

Cartões amarelos: Zé Ricardo (9/1°T); Matías Zaracho (22/1°T); Allan (27/2°T)
 
Motivo: 7ª rodada do Campeonato Mineiro

Local: Mineirão, em Belo Horizonte 

Data e horário: domingo, 4 de abril, às 16h 

Árbitro: Marco Aurélio Augusto Ferreira Fazekas 

Assistentes: Philip Alan Costa de Oliveira e Marcyano da Silva Vicente

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Postos de Saúde vão estar abertos para a imunização da população durante o feriado desta quarta-feira (21). #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⏰📚 #HoraDoEnem ESPECIAL! Como se manter atualizado das notícias do Brasil e mundo? ⠀ A Itatiaia e os professores do QI Pré-Vestibular estão com você nessa! O QI Pré-Vestibu...

    Acessar Link