Notícias

Fortes chuvas levam prejuízo a 127 mil produtores rurais em Minas

Levantamento preliminar da Emater-MG mostra que 416 municípios tiveram a produção agropecuária atingida

Por Redação, 12/01/2022 às 16:39
atualizado em: 12/01/2022 às 16:41

Texto:

Foto: Divulgação / Emater - MG
Divulgação / Emater - MG

A produção de feijão foi a mais prejudicada

As fortes e constantes chuvas que atingem Minas Gerais nas últimas semanas trouxe prejuízos para cerca de 127 mil produtores rurais. O problema foi registrado em 416 municípios do Estado, cerca de 48,7% do total. Os dados constam em um estudo feito pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG). 

Segundo o levantamento, a produção de feijão foi a mais prejudicada. A primeira safra da leguminosa teve perda de 42,2% da área a ser colhida. As regiões Norte, Cerrado, Nordeste, Leste e Central foram as mais atingidas. Já na produção de hortaliças, é estimado comprometimento de 37% da área, principalmente nas regiões Nordeste, Leste e Central de Minas Gerais. A produção de milho (safra verão) tem uma estimativa de 23,3% de área afetada, com destaque para as regiões Norte, Nordeste e Central.

Outro impacto importante foi na pecuária leiteira, que teve em média 21,4% da produção comprometida, principalmente nas regiões Nordeste, Leste e Central. "Uma pesquisa feita pelos técnicos da empresa com 96 laticínios no estado indicou que, em média, a queda na captação de leite foi de 9%, principalmente pela dificuldade de deslocamento em algumas localidades", explicou a Emater.

Outras atividades que registram possibilidade de dano com as chuvas foram piscicultura (28,3%), avicultura caipira (23,7%), pecuária de corte (17,7%) e suinocultura caipira (15%).

Hortifruti 

De acordo com a Emater-MG na CeasaMinas, até o momento não houve nenhum impacto significativo na disponibilidade de frutas e hortaliças para o mercado atacadista. Porém, em algumas praças da Ceasa no interior do estado, houve redução de produtos como beterraba, mandioca, quiabo e batata-baroa, comercializados nos mercados locais e regionais.

"Nos bolsões verdes das regiões metropolitanas, onde se concentra a maior produção de folhosas, ainda há possibilidade de impacto no abastecimento por causa das condições climáticas. A Emater lembra que, no período chuvoso, já é comum ocorrer a redução da área plantada nestes locais" destacou a Emater.

Há, ainda, alguns pontos de interdição em rodovias que podem prejudicar o escoamento de produtos como morango e batata, principalmente nas regiões Sul e Campo das Vertentes.
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️ Bilhetes mais baratos saem por R$ 380: para você, ir à Copa do Mundo é um sonho? #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/copa-do-mundo-de-2022-fifa-inicia-venda-d...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Com as chuvas que caíram, a barragem da usina ameaçou romper e moradores das comunidades ribeirinhas chegaram a deixar suas casas #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/notic...

    Acessar Link