Notícias

Ex-prefeito de BH e ex-procurador não comparecem à CPI e serão ouvidos dia 6 de abril

Por Redação , 10/03/2020 às 08:47
atualizado em: 10/03/2020 às 08:53

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Divulgação/CMBH
Divulgação/CMBH

Foi marcada para 6 de abril a sessão com depoimento do ex-prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda, e do ex-procurador-geral Rusvel Beltrame Rocha. Os dois eram esperados na reunião dessa segunda-feira (9) da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Andrade Gutierrez na Câmara Municipal, mas não compareceram. Lacerda pediu para ter acesso aos documentos antes de depor e Beltrame Rocha, ainda servidor da prefeitura da capital mineira, disse estar de férias. 

Ainda na sessão de ontem os vereadores decidiram convocar mais uma testemunha: Tarcísio Caixeta, ex-vereador pelo PCdoB e ex-superintendente da Sudecap.

CPI

A CPI investiga valores pagos pela PBH à Andrade Gutierrez, na década de 90, por obras realizadas nos anos 80 para a construção do Túnel da Lagoinha, a canalização do Ribeirão Arrudas e a remoção de aguapés na Lagoa da Pampulha. Há suspeita de que o Município tenha pagado cerca de R$ 2,5 bilhões para quitar uma dívida inicial de R$ 269 milhões.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    "A família me procurou no início do mês, estava preocupada por ele estar sem advogado", explicou o advogado #itatiaia

    Acessar Link