Notícias

Ex-jogador do Atlético, argentino Jonathan Fabbro é condenado por estuprar afilhada

Por Redação, 29/08/2019 às 15:04
atualizado em: 29/08/2019 às 15:17

Texto:

Foto: Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

O meia argentino Jonathan Fabbro, que jogou pelo Atlético, foi condenado nesta quinta-feira, em Buenos Aires, a 14 anos de prisão por abuso sexual com conjunção carnal da afilhada, de 13 anos. Os crimes foram cometidos quando a vítima tinha de 5 a 11 anos.

O jogador, que tem 37 anos e um relacionamento com a modelo paraguaia Larissa Riquelme, está preso preventivamente há mais de um ano.

Fabbro ficou no Atlético por quatro meses em 2006, atuou em quatro jogos e não marcou gol. Ele também jogou por clubes como Boca Juniors-ARG e River Plate-ARG. Ao ser preso defendia o Jaguares Chiapas-MEX.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    O #itatiaianãoperdeclássico desta quarta-feira conta a história de um Atlético e Cruzeiro ocorrido no dia 2 de dezembro. O ano escolhido foi 2012, com os clubes se enfrentando...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Medida foi tomada devido ao aumento no número de casos e mortes por coronavírus. #Itatiaia

    Acessar Link