Notícias

Ex-dirigentes insinuam veto de presidente a empréstimo contra perda de pontos, em 2020

Grupo fala ainda de irregularidades na gestão de Sérgio Santos Rodrigues e liga sua eleição à parceria com a Família União

Por Alexandre Simões, Guilherme Piu e Thiago Reis, 12/01/2022 às 16:42
atualizado em: 12/01/2022 às 17:06

Texto:

Foto: Cruzeiro/Divulgação
Cruzeiro/Divulgação

Membros do antigo Conselho Gestor criticam Sérgio Rodrigues em nota enviada a funcionários do clube

Mesmo após a mudança de associação para clube-empresa e a chegada de Ronaldo Fenômeno no comando da Sociedade Anônima do Futebol (SAF), a briga política nos bastidores do Cruzeiro parece não ter fim. Em resposta a um e-mail enviado pelo presidente Sérgio Santos Rodrigues a funcionários, e que tratava do pagamento de salários, integrantes do antigo Conselho Gestor (CG) -- que geriu o Cruzeiro entre o fim de 2019 e maio de 2020 --, emitiram uma nota para contestar o desafeto Rodrigues. 

Em comunicado disparado pelo Whatsapp, ao qual a Itatiaia teve acesso, os ex-integrantes do Conselho Gestor acusam Sérgio Rodrigues de produzir mentiras, e insinuam, entre outras coisas, “venda de convites de cortesia para as sedes sociais, cabides de emprego e superfaturamento de produtos de limpeza de piscinas”.

A nota que deu origem à reação foi a seguinte: “O Clube que encontramos quando cheguei estava absolutamente caótico. Isso não é culpa de vocês, mas preciso que saibam. Além de pagar a folha de cada mês, precisávamos pagar várias folhas pendentes. Pagamos, inclusive, duas folhas do Conselho Gestor. Não se chega a R$ 1 bilhão em dívidas sem que seja um problema seríssimo", aponta o informe do CG, em relação ao e-mail de Rodrigues. 

Segundo informações apuradas pela Rádio de Minas, esse e-mail foi enviado aos colaboradores do Cruzeiro na semana passada, logo após salários atrasados terem sido colocados em dia. E o conteúdo dessa mensagem irritou os antigos gestores do clube. 

A carta, assinada por todos os integrantes do CG, afirma ainda que Sérgio Santos Rodrigues baseou sua eleição num acordo com a “Família União”, grupo que elegeu e foi a base da gestão de Wagner Pires de Sá, Itair Machado e Sérgio Nonato.

“Procuramos extirpar do Cruzeiro a Família União, mas o senhor se valeu dela, entregando-lhe o Conselho Deliberativo”, afirma a nota, onde os integrantes do Conselho Gestor afirmam que tentaram expulsar 28 conselheiros que foram remunerados no período de Wagner Pires de Sá à frente do clube, mas que Sérgio Santos Rodrigues trabalhou contra isso”.

O documento contém ainda algo bem mais grave, pois deixa no ar que o atual presidente do Cruzeiro poderia ter trabalhado contra um empréstimo bancário que permitiria o pagamento da dívida que provocou a perda de seis pontos na Série B do Campeonato Brasileiro de 2020.

A Itatiaia procurou a assessoria de imprensa do Cruzeiro para que Sérgio Santos Rodrigues se manifestasse em relação às acusações dos ex-integrantes do Conselho Gestor. Entretanto, o ainda presidente da associação preferiu não se manifestar. 

Confira a nota do Conselho Gestor: 

O Cruzeiro vive, há algumas semanas, uma das fases mais conturbadas de sua rica história, assumindo transformações drásticas que poderão ser pioneiras de uma verdadeira revolução do futebol brasileiro.  9 milhões de corações cruzeirenses pulsam angustiados, entre dúvidas e esperanças, ante a gravidade desta travessia de Clube para Empresa.

Conscientes das dimensões históricas deste momento, temos nos pautado pela respeitosa, mas atenta, cautela ante as grandes transformações ora executadas.

Daí a nossa surpresa, hoje, ante a forma com que o presidente SSR quebra o seu ensurdecedor silêncio mantido até agora, resistindo às vaias inimagináveis da Missa de Aniversário, às demissões de seus ex-amigos e à saída intempestiva de Fabio.  A tudo isto, o presidente SSR passou fazendo o costumeiro olhar de paisagem. Até porque o olhar é fixo num espelho.

Agora, porém, não se sabe ainda as razões, o Presidente SSR decidiu romper o seu silêncio.  Cônscio da gravidade do momento, lançou uma mensagem de esperança?

Não!

Partiu para o ataque, acionando poderosos mísseis.  Qual o alvo?
Ronaldo, conselheiros remunerados, Família União, Wagner, Hermínio, Itair, Mozart, Felipão, Felipe Conceição, Deivid, Leo Portela?

Mais uma vez, não!

O alvo é o Conselho Gestor, instituído pelo presidente Dalai Rocha, ao assumir, em 19 de dezembro de 2019, o comando de uma terra destruída, com morteiros e minas ainda não explodidos, em forma de contratos absurdos, espalhados por toda parte.

Em sua nota oficial o presidente SSR acusa:

“O Clube que encontramos quando cheguei estava absolutamente caótico. Isso não é culpa de vocês, mas preciso que saibam. Além de pagar a folha de cada mês, precisávamos pagar várias folhas pendentes. Pagamos, inclusive, duas folhas do Conselho Gestor.  Não se chega a 1 Bilhão em dívidas sem que seja um problema seríssimo. ”

Presidente SSR, precisamos primeiro acertar o real conceito de “caótico”. Temos dois conceitos, O panorama de dezembro de 2019, após a expulsão da quadrilha liderada por Wagner-Herminio-Itair, que colocou o Cruzeiro como “case” mundial de corrupção, deixando dezenas de bombas programadas pra explodir, ou junho de 2020, quando o senhor assumiu a presidência. Antes que responda, permita-nos refrescar a sua memória:

1.Inicialmente, tentamos demovê-lo de candidatar-se sob o argumento de que, aliando-se ao Conselho Gestor poderia auxiliar na recuperação mínima, urgente, da situação financeira, trazendo para o Clube o aporte empresarial que o senhor tanto alardeava estar nas suas mãos e que resolveria, com folga, todas as pendências. O presidente Dalai Rocha chegou a adverti-lo na audiência que o senhor solicitou, precedida 20 minutos antes, de telefonemas de apoio de Zezé Perrela e Pedro Assunção.  Aos dois, o presidente Dalai Rocha argumentou sobre a necessidade de esperarmos mais alguns meses, para completarmos a recuperação básica do Cruzeiro, com a união geral de forças, surgindo depois a candidatura única de SSR, com o apoio geral. Não foi ouvido. Falou ao vento.

2.Decidindo candidatar-se e registradas as chapas, o que fizemos? Abrimos a gravíssima situação contábil aos postulantes, para que jamais alegassem o que SSR está alegando agora – ter sido surpreendido com uma realidade que já era sua conhecida;

3. Assumimos o comando do Cruzeiro com uma folha de 18 milhões mensais e, em seis meses, reduzimos para 3.500;

4. Enxugamos a folha salarial tirando 100 empregados;
5. Extinguimos os cartões corporativos;

6. Expulsamos 28 conselheiros remunerados, como o Estatuto ordenava, e o senhor manteve por causa de Gustavo Perrella, consagrando a primeira liminar “incaível” do Brasil;

7. Procuramos extirpar do Cruzeiro a Família União, mas o senhor se valeu dela, entregando-lhe o Conselho Deliberativo;

8. Tínhamos conseguido um empréstimo no BMG, para saldar a dívida que nos livraria daqueles 6 pontos que o senhor nunca esquece    (apesar de nos deixar pela terceira vez na Série B),  quando “forças ocultas” nos deram uma estranha rasteira. Estamos quase em condições de desmascarar os traidores.

Presidente SSR,

Faça um esforço hercúleo e deixe, por um tempo, o narcisismo de lado. Precisamos agora é de reunir esforços e apoio para a restauração do Cruzeiro.  Temos de apostar todas as fichas no Clube Empresa.

Se o senhor, doravante, impedir “venda” de convites de cortesia para as sedes sociais, cabides de emprego e superfaturamento de produtos de limpeza de piscinas, ficaremos muito agradecidos.

Ex-presidente Dalai Rocha
Ex integrantes do Conselho Gestor;
Gustavo Gatti
Saulo Froes
Emilio Brandi
Carlos F. Rocha
Kris Bretas
Anisio Ciscotto
Felipe Goncalves 
Alexandre Faria 
Jarbas Reis

Confira as principais notícias do Cruzeiro no canal da Itatiaia no Youtube


Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Goleiro chegou ao Rio de Janeiro nesta quarta-feira (19), onde é submetido a exames médicos #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/fabio-ex-cruzeiro-revela-acerto-com...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    De acordo com a Prefeitura de BH, são mais de 160 pontos de testagem na capital mineira #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/testes-de-covid-19-sao-oferecidos-de-g...

    Acessar Link