Notícias

'Eu poderia ter perdido meu filho', afirma mãe de taxista esfaqueado 20 vezes em BH

Por Redação, 23/11/2018 às 19:03
atualizado em: 24/11/2018 às 15:39

Texto:

Está internado no Hospital João XXIII, no Centro de Belo Horizonte, o taxista que levou 20 golpes de faca durante assalto no bairro Coqueiros, na região Noroeste de Belo Horizonte, na manhã desta sexta-feira.

De acordo com a mãe da vítima, Vânia Borges, o filho dela, Thiago Borges Leal de Almeida, de 36 anos, saiu de casa por volta das 5h e foi parado por um homem que disse que ia a Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, buscar marmitas. No percurso, outro homem entrou no carro. O taxista desconfiou, mas seguiu a viagem.

OUÇA A REPORTAGEM COMPLETA COM ANA CECÍLIA CARNEIRO

Segundo a mulher, o filho disse que os homens estavam com cheiro de maconha e conversaram durante o caminho. Em certo ponto do trajeto, um dos suspeitos falou que o taxista morreria. O que estava no banco de trás entregou uma faca para o que estava na frente, que começou a esfaquear Thiago.

A vítima teria reagido e batido no suspeito. Em seguida, o taxista chutou a porta do veículo e conseguiu sair. Os homens pegaram o carro e ainda tentaram atropelar a vítima, que correu e pediu ajuda. A polícia conseguiu recuperar o carro. 

Thiago foi encaminhado para o Hospital João XXIII, onde passou por exames e continua em observação.

Vânia fez um apelo. “Que os taxistas sejam uns amigos dos outros e que a policia os ajude. Eles estão tão vulneráveis. Hoje eu estou assim, acabada, eu poderia ter perdido meu filho e é muito duro uma mãe ter que enterrar um filho. Então eu gostaria de pedir muito, vamos tirar o olho só do nossos umbigo, vamos ser mais humanos, vamos nos ajudar uns aos outros, vamos ter coração”, pediu.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️ Jogador afirmou não guardar mágoa do Cruzeiro e disse que tem amigos no clube celeste.

    Acessar Link