Notícias

UFMG: estudo da Faculdade de Medicina tenta identificar possíveis sequelas da covid-19

A pesquisa está sendo desenvolvida pelo equipe do Hospital das Clínicas

Por Mônica Miranda , 10/08/2020 às 18:52
atualizado em: 10/08/2020 às 20:23

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Aline Ruas
Aline Ruas


Um estudo da faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) tenta identificar possíveis sequelas da covid-19. A pesquisa está sendo desenvolvida pelo equipe do Hospital das Clínicas. A professora Carolina Marinho, do departamento de Clínica Médica da UFMG, revela a importância de saber sobre essas sequelas. 

“O nosso objetivo é avaliar quais são as consequências da covid-19 para funcionalidade do paciente. Vamos avaliar a função pulmonar, as alterações permanentes na tomografia de tórax, a redução da força muscular periférica, a força respiratória e o impacto disso na qualidade de vida desses pacientes depois da doença”, explica.

A doutora revela que o objetivo é avaliar cerca de 400 pacientes. “Nós começamos o trabalho de inclusão de pacientes em junho. Começamos as avaliações ambulatoriais agora em Julho. Nós já incluímos cerca de 30 pacientes no Hospital das Clínicas e quase dez pacientes em outro hospital. A nossa expectativa é examinar cerca de 400 pacientes depois da alta hospitalar. Eles vão ser avaliados durante um ano e meio ao longo do nosso trabalho”, detalhou a doutora Carolina. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Confira a coluna de Edilene Lopes! #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Mudança foi solicitada pelos dois clubes que jogam pelo torneio nacional no meio da próxima semana #itatiaia

    Acessar Link