Notícias

Em assembleia, trabalhadores da rede pública estadual de ensino decidem manter greve

Por Redação , 14/02/2020 às 19:54
atualizado em: 14/02/2020 às 21:37

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Priscila Mendes/Itatiaia
Priscila Mendes/Itatiaia

Trabalhadores da rede pública estadual de ensino votaram pela continuidade da greve por tempo indeterminado. A reunião foi na tarde desta sexta-feira, no pátio da Assembleia Legislativa, no bairro Santo Agostinho, região Centro-Sul de Belo Horizonte . No próximo dia 20 de fevereiro, a categoria deve se reunir novamente para discutir os novos rumos do movimento.

Ouça a reportagem completa

O ano letivo das escolas estaduais começou na segunda-feira mas na terça grande parte das instituições de ensino amanheceram fechadas dentre as reivindicações da categoria estão a recomposição salarial e o pagamento do 13º salário referente à 2019 Itatiaia conversa agora com a coordenadora Geral do sind-ute MG Denise Romano Assembleia acabou de liberar pela continuidade.

Em nota, a Secretaria Estadual de Educação afirma que está em constante diálogo com a categoria. Já a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (SEPLAG) pontua que até o momento 70% dos servidores da educação receberam o 13º salário integral. A pasta informou ainda que para concluir o pagamento e por fim ao parcelamento de salários o governo conta com a operação financeira do nióbio.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link