Notícias

Dória determina que vacina do Butantan seja entregue ao Ministério da Saúde para envio aos estados brasileiros

Por Da Redação, 17/01/2021 às 14:18
atualizado em: 17/01/2021 às 14:21

Texto:

Foto: Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

O governador de São Paulo, João Dória, determinou que as vacinas do Butanta, contra a covid-19, sejam encaminhadas ao Ministério da Saúde, tão logo seja aprovado o uso emergencial. O aval da Anvisa deve ocorre ainda neste domingo (17)

“Determinei que tão logo a Anvisa aprove o uso emergencial da Vacina do Butantan, o Instituto Butantan entregue imediatamente as vacinas ao Ministério da Saúde para que sejam distribuídas a SP, DF e todos os estados brasileiros. O Brasil tem pressa para salvar vidas”, disse João Dória nesta tarde por meio de seu Twitter.

A primeira pessoa no Brasil a ser vacinada é a enfermeira Mônica Calazans, que tem 54 anos e trabalha na UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo. Conforme apuração da Folha de São Paulo, ela é do grupo de risco, obesa, hipertensa e diabética. Ainda assim, em maio, no auge da chamada primeira onda da epidemia do coronavírus no estado, decidiu se inscrever para as vagas de enfermagem abertas no regime de CTD (Contrato por Tempo Determinado). E escolheu o Emílio Ribas para trabalhar.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Apresentador não citou o nome de Bolsonaro, mas atacou ‘negacionismo’, ‘incompetência’ e ‘falta de planejamento’ do governo federal na pandemia. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Comunicado pede que a medida seja implementada das 20h às 6h e durante os fins de semana em todos os estados. #Itatiaia

    Acessar Link