Notícias

Diretor médico da Fifa diz que partidas não devem ser jogadas até setembro por causa da covid-19

Por Agência Estado , 29/04/2020 às 16:41
atualizado em: 29/04/2020 às 17:04

Texto:

Foto: Fifa/Divulgação
Fifa/Divulgação

A maior autoridade médica da Fifa não vê boas perspectivas em um futuro próximo com relação à retomada dos campeonatos. O diretor do Comitê Médico da entidade, Michel D’Hooghe, afirmou que o futebol não deve ser disputado até o início de setembro, para limitar a propagação da covid-19 e, uma vez retomado, orientou que cartões amarelos sejam aplicados caso jogadores cuspam em campo.

"Se há um momento onde prioridades absolutas deveriam ser dadas a assuntos médicos, é agora. Não é questão de dinheiro, mas de vida ou morte", disse D’Hooghe ao canal inglês Sky Sports News. "Essa é a situação mais dramática que já vivemos desde a Segunda Guerra Mundial. Nós não deveríamos subestimá-la, precisamos ser realistas", acrescentou.

Já há movimentos em alguns países da Europa pela retomada em breve de campeonatos nacionais, como na Alemanha, que pensa na volta dos jogos em maio, e na Inglaterra, com previsão parta junho. Ao contrário do que já fizeram Holanda e França, onde os governos determinaram que eventos esportivos não podem ser realizados até setembro.

No Brasil, o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (do Ministério da Economia), Carlos da Costa, destacou nessa segunda-feira (29) o futebol como um setor que deve voltar em breve, com a realização de jogos com portões fechados. No mesmo dia, o ministro da Saúde, Nelson Teich, disse que será avaliado um pedido para o retorno das competições.

D’Hooghe disse que ainda é muito cedo para que jogadores estejam em contato próximo, pelo menos enquanto as regras de distanciamento social estejam em vigor. "O mundo não está pronto para o futebol competitivo, eu espero que isso possa mudar muito rapidamente e espero sinceramente. Hoje precisamos de mais paciência", afirmou.

"O futebol só pode ser possível se o contato for possível novamente. O futebol continua sendo um esporte de contato, e contato é uma das primeiras coisas que todos dizem que precisamos evitar", completou o médico da Fifa.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    As informações sobre a semana e os eventos serão transmitidos nas redes sociais do ministério e da Secretaria Nacional da Juventude.#Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽️Técnico do América não poupou críticas à atuação do juiz Felipe Fernandes de Lima no clássico contra o Atlético. #itatiaia

    Acessar Link