Notícias

Diagnóstico precoce de doenças mentais ajuda na qualidade de vida do idoso

Por Aline Campolina/Itatiaia, 04/10/2019 às 12:18
atualizado em: 07/10/2019 às 10:40

Texto:

O Brasil tem envelhecido de forma rápida e intensa. Dados do Ministério da Saúde mostram que atualmente os idosos representam 14,3% dos brasileiros, o que corresponde a 29,3 milhões de pessoas. Em apenas 10 anos, esse número pode dar um salto, chegando a 39 milhões de idosos.
 
Com o envelhecimento precoce dos brasileiros, muitas doenças acometem quem tem mais de 60 anos por muito tempo, entre elas as mentais. E nesta semana, em que a Organização das Nações Unidas (ONU) dedica aos idosos, um alerta é levantado com relação à saúde mental de quem está na terceira idade.
 
 De acordo com a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia de Minas Gerais (SBGG-MG), as demências são um grupo de doenças que afetam um ou mais domínios da cognição, como por exemplo, a memória, a linguagem, entre outros, de forma irreversível e progressiva, resultando em acometimento das atividades diárias. O Alzheimer é a principal forma de demência, com 60% dos casos no país.
 
O médico Marco Túlio Gualberto Sintra, Presidente da SBGG-MG, explica que é muito importante que se faça o diagnóstico de Alzheimer no começo da doença. ‘É possível manter uma pessoa com demência andando por mais tempo, sem infecções e com mais qualidade”, explica o médico.
 
O tratamento que existe para o Alzheimer, apesar de não curar a doença, lentifica a evolução. “A pessoa pode ter uma evolução dessa doença melhor do que aquela que não recebeu tratamento”, afirma Marco Túlio.
 
Ainda segundo dados da SBGG-MG, no mundo há atualmente 50 milhões de pessoas com demência. No Brasil o número chega a, aproximadamente, 1,6 milhões de pessoas. Além do Alzheimer, existem as demências vasculares, por Corpos de Lewy, fronto-temporal, pela doença de Parkinson, entre outras.

Sintomas demência

- Perda de memória recente;
- Limitação na realização de atividades de vida diária, como controle de finanças e uso de medicamento;
- Esquecimento de datas relevantes, como aniversários, compromissos em família;
- Alteração de comportamento, como irritabilidade excessiva e agressividade.
 
Fonte: SBGG-MG

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️ Jogador afirmou não guardar mágoa do Cruzeiro e disse que tem amigos no clube celeste.

    Acessar Link