Notícias

Cunhado de Ana Hickmann é absolvido novamente, agora em segunda instância

Por Redação , 10/09/2019 às 15:23
atualizado em: 10/09/2019 às 18:21

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00

A 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) manteve na tarde desta terça-feira a absolvição de Gustavo Correa, cunhado da apresentadora Ana Hickmann, acusado de matar Rodrigo Augusto de Pádua, fã obcecado pela apresentadora. Gustavo já havia sido inocentado em 1ª instância, mas o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) recorreu da decisão. 

O julgamento desta terça levou pouco mais de 20 minutos. A defesa de Gustavo convenceu os três desembargadores de, que apesar de o acusado ter feito três disparos, ele agiu em legítima defesa. Um procurador do MPMG esteve no local, mas não quis se manifestar. A falta de sustentação do procurador foi alvo de críticas durante a sessão. 

Entenda o caso

Em maio de 2018, Rodrigo invadiu o quarto do hotel em que Ana Hickman estava, no bairro Belvedere, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, com uma arma de fogo e tentou matar a apresentadora, porém atirou contra a cunhada de Ana. 

Gustavo entrou em luta corporal contra o atirador, conseguiu pegar a arma e fez três disparos contra ele, sendo que um deles pegou na cabeça. 
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link