Notícias

Cruzeiro vence primeiro clássico pelo Brasileirão fora de BH

01/08/2020 às 11:00

Texto:

Foto: VIPCOMM/DIVULGAÇÃO
VIPCOMM/DIVULGAÇÃO

Com Mineirão e Independência fechados para reformas, por causa das Copas das Confederações (2013) e do Mundo (2014), Atlético e Cruzeiro tiveram que migrar para o interior a partir do segundo semestre de 2010.

E o primeiro clássico entre eles nesta nova realidade foi disputado em 1º de agosto de 2010, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, pelo turno do Campeonato Brasileiro. O mando de campo era do Galo e apenas atleticanos tiveram acesso ao estádio.

Mas a festa foi cruzeirense, pois a Raposa venceu por 1 a 0, com um golaço do centroavante Wellington Paulista. Esta partida tem ainda outro ponto importante. Foi a estreia do técnico Cuca no clássico mineiro, onde ele fez história. Neste confronto, ele dirigia o Cruzeiro.

A FICHA DO JOGO

ATLÉTICO 0
Fábio Costa; Jairo Campos, Werley (Obina) e Cáceres; Diego Macedo (Zé Luís), Serginho, João Pedro, Ricardinho (Leandro) e Fernandinho; Diego Tardelli e Diego Souza. Técnico: Vanderlei Luxemburgo
CRUZEIRO 1
Fábio; Jonathan, Gil, Edcarlos e Diego Renan; Fabrício (Elicarlos), Fabinho, Marquinhos Paraná e Everton (Rômulo); Thiago Ribeiro (Robert) e Wellington Paulista. Técnico: Cuca
DATA: 1º de agosto de 2010
LOCAL: Arena do Jacaré (Sete Lagoas)
MOTIVO: Campeonato Brasileiro
GOL: Wellington Paulista, aos 32 minutos do primeiro tempo
ARBITRAGEM: Wilson Seneme (SP), auxiliado por Roberto Braatz (PR) e Autemir Hausmann (RS)
CARTÃO VERMELHO: Gil (Cruzeiro)
CARTÃO AMARELO: Obina (Atlético); Thiago Ribeiro, Edcarlos e Everton (Cruzeiro)
PÚBLICO: 12.340
RENDA: R$ 265.775,00

MAIS HISTÓRIA
OUTRO JOGO: Cruzeiro e Atlético iniciam a decisão da Taça Minas Gerais de 1979, que garantia ao campeão um ponto extra no hexagonal final que decidiria o Campeonato Mineiro.

E o empate por 1 a 1 é garantido pelo goleiro atleticano João Leite, que defendeu uma cobrança de pênalti do meia Erivelto no início do segundo tempo, quando o Cruzeiro já vencia por 1 a 0. Logo depois, o centroavante Ricardo empatou o clássico, que terminou 1 a 1.

A FICHA DO JOGO

ATLÉTICO 1
João Leite; Alves, Osmar Guarnelli, Luizinho e Hilton Brunis; Geraldo, Toninho Cerezo e Ângelo; Pedrinho Gaúcho, Ricardo (Adriano) e Rômulo (Silvestre). Técnico: Procópio Cardoso
CRUZEIRO 1
Luiz Antônio; Mundinho, Zezinho Figueroa, Ozires e Nivaldo; Nélio, Alexandre e Erivelto; Eduardo, Toninho e Mauro. Técnico: Barbatana
DATA: 1º de agosto de 1979
LOCAL: Mineirão
MOTIVO: Campeonato Mineiro
GOLS: Nélio, aos 36 minutos do primeiro tempo; Ricardo, aos 6 minutos do segundo tempo
ARBITRAGEM: Alvimar Gaspar dos Reis, auxiliado por Marcus Santos e Osvaldo Junqueira
CARTÃO VERMELHO: Osmar Guarnelli (Atlético); Eduardo e Mauro (Cruzeiro)
CARTÃO AMARELO: Geraldo (Atlético)
PÚBLICO: 29.590
RENDA: Cr$ 1.402.580,00

NASCIMENTO: Em Belo Horizonte, em 1980, nasce Alessandro Faiolhe Amantino, o Mancini, lateral-direito revelado nas categorias de base do Atlético e que na segunda passagem pelo clube, depois de brilhar na Itália, já atuava como meia, posição em que se destacou no futebol italiano.
Com a camisa alvinegra, Mancini foi bicampeão mineiro em 1999 e 2000, logo depois de ser promovido da base. No retorno, ganhou o Estadual de 2012.

MORTE: Em Ponte Nova (MG), em 2004, morre Lauro Claurindo da Silva, o Lauro, atacante que defendeu o Atlético de 1946 a 1951 e depois de uma passagem por Portuguesa e Ponte Preta, voltou para encerrar a sua carreira vestindo a camisa alvinegra em 1956 e 1957.

Nos dois períodos, ele fez clássicos memoráveis contra o Cruzeiro e marcou nove gols. Foram quatro os títulos do Campeonato Mineiro conquistados por ele, em 1947, 1949, 1950 e 1956.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    As informações sobre a semana e os eventos serão transmitidos nas redes sociais do ministério e da Secretaria Nacional da Juventude.#Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽️Técnico do América não poupou críticas à atuação do juiz Felipe Fernandes de Lima no clássico contra o Atlético. #itatiaia

    Acessar Link