Ouça a rádio

Compartilhe

Cruzeiro paga dívidas, resolve transfer ban e espera Fifa para registrar reforços

Clube encerrou pendências pela compra de Arrascaeta, Riascos e Rafael Sóbis, na gestão Gilvan

Divulgação/Fifa
Foto: Divulgação/Fifa

Clube já havia quitado pendência com o Defensor, agora pagou ao Tigres e Mazatlán, ambos do México

A segunda-feira (24) é de boa notícia para o torcedor do Cruzeiro. Depois de acertar o pagamento integral da dívida de Arrascaeta ao Defensor (URU), o clube finalizou os detalhes de mais duas negociações para colocar fim no transfer ban (impedimento de registros) e, assim, voltar a inscrever atletas no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). As duas últimas pendências eram com o Mazatlán (Riascos) e Tigres (Rafael Sobis) -- um restante que ficou de ser quitado no final de 2020. 

Segundo apurou a Itatiaia, o pagamento foi feito com recursos próprios de Ronaldo Fenômeno, mesmo sem o anúncio oficial da compra do Cruzeiro, já que o ex-jogador ainda precisa assinar o contrato definitivo de aquisição dos 90% da Sociedade Anônima de Futebol celeste.  

Os valores somados ultrapassam os R$20 milhões. 

Como a equipe de Ronaldo falou diretamente com os clubes nas últimas semanas e acertou todos os detalhes para o fim dessas dívidas, agora um comunicado será enviado à Fifa para concretizar o fim da punição que está vigente. Como ocorreu com a negociação envolvendo o Defensor. Com isso, o departamento de registros precisará de agilidade ao longo desta terça-feira (25) para que o técnico Paulo Pezzolano possa ter todos os reforços contratados à disposição.

Confira as principais notícias do Cruzeiro no canal da Itatiaia no Youtube