Notícias

Cruzeiro é acionado na Justiça do Trabalho em dois processos movidos por Adilson Batista

Treinador foi demitido do clube em março deste ano, após maus resultados da equipe

Por Redação, 16/09/2020 às 15:42
atualizado em: 16/09/2020 às 19:11

Texto:

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Gustavo Aleixo/Cruzeiro

O Cruzeiro terá que lidar com mais um processo na Justiça movido por um ex-funcionário. Agora se trata do técnico Adilson Batista, que entrou com duas ações contra o clube na 45ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte. 

As ações são recentes e foram distribuídas na última segunda-feira (14). Ainda não há audiência marcada para uma tentativa de acordo. A informação foi divulgada inicialmente pelo GloboEsporte.com e confirmada pela Itatiaia.

Como os dois processos correm em segredo de Justiça, não há como saber detalhes, como os valores de cada ação e os pedidos de Adilson Batista, que foi demitido do Cruzeiro em março deste ano após o mau desempenho da equipe no Campeonato Mineiro (time estava em quinto lugar) e na Copa do Brasil (havia perdido o jogo de ida da terceira fase para o CRB, no Mineirão).

Além de Adilson, o auxiliar técnico Cyro Garcia e o preparador físico José Mário Campeiz, que vieram para o Cruzeiro junto com o treinador, já haviam acionado o clube celeste na Justiça no início deste mês. Cada um deles pede quase R$ 600 mil.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link