Notícias

Criminoso usa tesourinha de cortar unha para roubar taxista em Santa Luzia, na Grande BH

Vítima, que já foi esfaqueada, contou que não teve como olhar qual arma foi usada pelo ladrão

Por Redação *, 11/06/2021 às 08:48
atualizado em: 11/06/2021 às 08:56

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Renato Rios Neto/Itatiaia
Renato Rios Neto/Itatiaia

Taxista diz que não teve como olhar qual arma o criminoso usava

Um criminoso com diversas passagens pela polícia foi preso nessa quinta-feira (11) suspeito de roubar o carro de um taxista usando uma tesourinha. A ocorrência foi registrada no bairro Belo Vale, em Santa Luzia, na Grande BH. 

O taxista, de 42 anos, contou à Itatiaia que o suspeito embarcou na avenida Brasília, como passageiro normal. No entanto, anunciou o assalto ao chegar no bairro Belo Vale. “Colocou a tesoura na minha barriga, pediu dinheiro, celular, pediu para eu descer do carro e empreendeu fuga”, contou o trabalhador, que foi esfaqueado em outro assalto há cinco anos e preferiu não pagar para ver. “Não tem nem como olhar”, disse. “Já fui esfaqueado uma vez e não é fácil. Foram oito facadas”. 

Responsável pela ocorrência, o cabo Lucivânio, do Tático Móvel do 35º batalhão, disse que o suspeito tem diversas passagens pela polícia por ‘vários crimes de roubo’. Sobre a ‘arma’ usada pelo criminoso, o cabo diz que a vítima não tinha com saber que era uma tesoura e agiu certo ao não reagir. 

À Itatiaia, o criminoso, de 31 anos, negou o crime. Disse que outra pessoa deixou o carro aberto e ele entrou. No entanto, ele foi reconhecido pelo taxista. 
 

*Com informações de Renato Rios Neto 

PM

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Doses eram destinadas a migrantes e refugiados venezuelanos no Brasil. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Órgãos técnicos ainda contabilizam área atingida pelo fenômeno climático. #Itatiaia

    Acessar Link