Notícias

Conselho Deliberativo do Cruzeiro aprova venda da Campestre 2 para pagar dívidas na Fifa

Pela avaliação que o clube buscou no mercado, o imóvel vale entre R$ 13 milhões e R$ 15 milhões

Por Redação, 03/08/2020 às 20:37
atualizado em: 03/08/2020 às 22:51

Texto:

Foto: Reprodução/Youtube Cruzeiro
Reprodução/Youtube Cruzeiro

Em reunião extraordinária realizada na noite desta segunda-feira, o Conselho Deliberativo do Cruzeiro aprovou, por unanimidade, a venda do imóvel conhecido como Campestre 2, no bairro Santa Branca, na região da Pampulha, em Belo Horizonte.

Para aprovar a venda do imóvel, o clube precisava da aprovação de 90% dos conselheiros presentes.

Pela avaliação que o clube buscou no mercado, o imóvel vale entre R$ 13 milhões e R$ 15 milhões. Caso o Cruzeiro consiga algum comprador, o valor arrecadado será usado para pagar dívidas na Fifa.

Foram apresentadas três avaliações do terreno:

- R$ 15.176.623,10 (terreno) + R$ 4.800.000,00 (galpão), totalizando R$ 19.976.623,10

- R$ 14.369.846,20

- R$ 13.661.473,50

Reprodução/Google Street View

Mas, de acordo com o presidente Sérgio Santos Rodrigues, o valor da primeira avaliação (R$ 19,9 milhões) deve ser descontado o investimento que o comprador terá que fazer para demolir o galpão. Desta forma, o imóvel deve valer entre os números da segunda e da terceira avaliações.

O imóvel, localizado na rua das Canárias, próximo ao Clube Cruzeiro Pampulha (Campestre), não é utilizado diretamente pelo clube. No local, funciona um estacionamento terceirizado e é deficitário, de acordo com Sérgio Rodrigues. Na apresentação desta segunda-feira, o mandatário mostrou que o prejuízo anual projetado do imóvel é de R$ 132.417,00.

A dívida que mais preocupa a diretoria celeste é a de 850 mil euros (cerca de R$ 5,1 milhões) com o Al Wahda, referente ao empréstimo do volante Denilson, em 2016. Por não ter quitado o valor na primeira ordem de pagamento da Fifa, em maio deste ano, o Cruzeiro foi punido com a perda de seis pontos na Série B do Campeonato Brasileiro. Se não pagar na nova data que ainda será estabelecida pela entidade, o clube será rebaixado para a Série C.

Além da dívida com o Al Wahda, o Cruzeiro tem outros débitos pendentes na Fifa. O mais próximo de vencer é com o Spartak Moscou-RUS, de 395.619,00 euros (cerca de R$ 2,4 milhões), referente ao empréstimo do atacante Pedro Rocha, no ano passado. O clube recebeu a ordem de pagamento da Fifa para efetuar a quitação até esta quinta-feira (6) sob pena de ficar impedido de registrar novos jogadores.

De acordo com o Cruzeiro, o imóvel da Campestre 2 tem 9,5 mil metros quadrados e a projeção é que esteja 75% regularizado na Prefeitura de Belo Horizonte.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Um dos motivos alegados na portaria é o impacto epidemiológico das novas variantes do coronavírus #itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O Atlético se manifestou pelas redes sociais sobre o desligamento de Jorginho, agradeceu o trabalho executado pelo treinador e disse que seguirá sua rotina normalmente. #Itatiaia

    Acessar Link