Notícias

Brasil empata com a Argentina em jogo de muitas faltas e com polêmica do VAR

Ponto somado em casa ainda não garante o time de Messi na Copa do Mundo do Catar

Por Nathália Fiuza, 16/11/2021 às 22:38
atualizado em: 16/11/2021 às 23:08

Texto:

Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Brasil e Argentina, os dois melhores times das Eliminatórias da Copa do Mundo, empataram em 0 a 0 nesta terça-feira (16), em San Juan. Com o ponto somado de cada lado, as equipes permanecem em suas posições: a seleção brasileira em primeiro lugar, com 35 pontos e a Argentina em segundo, com 29. Os times seguem invictos na competição.

A partida foi marcada por muitas faltas, 41 no total, e também por polêmica do VAR, em lance que poderia ter resultado na expulsão do zagueiro Otamendi, ainda na etapa inicial.

Esse foi o último jogo do ano pelas Eliminatórias Sul-Americanas. Brasil e Argentina voltam a atuar somente em janeiro de 2022: a seleção brasileira enfrenta o Equador e o time argentino encara o Chile.

O Brasil já está classificado para a Copa do Mundo no Catar, enquanto o time de Messi ainda não garantiu a vaga com esse empate em casa.

O Jogo

Os primeiros minutos da partida foram de marcação forte da Argentina, que adiantou suas linhas e dificultava a saída de bola do Brasil que, por sua vez, errava muitos passes. Apesar de maior posse, a Argentina não conseguiu criar chances de gol e a primeira finalização do clássico foi da seleção brasileira, aos 16 minutos, com Vinícius Júnior.

A equipe argentina, que possui a maior média de finalizações das Eliminatórias, só chutou ao gol pela primeira vez aos 23 minutos, com Messi. 

Com o passar do tempo, o Brasil foi equilibrando a posse da bola e criando mais chances: teve oportunidade também de marcar com Matheus Cunha. A seleção brasileira conseguiu, ainda, neutralizar o meio-campo do time de Lionel Scaloni, com desarmes precisos. Destaque para Fabinho e Fred, que deram pouco espaço para Messi.

Aos 33 minutos da etapa inicial, o Brasil reclamou de uma falta de Otamendi em Raphinha. O zagueiro adversário deixou o braço no rosto do atacante brasileiro, que ficou sangrando em campo.

Apesar da pressão dos jogadores visitantes, o VAR não chamou o árbitro de campo para a revisão do lance que, de acordo com o comentarista de arbitragem da Rádio Itatiaia, Márcio Rezende de Freitas, seria para o cartão vermelho.

No final dos primeiros 45 minutos de jogo, a Argentina conseguiu pressionar e teve chances de marcar seu gol com Di Maria.

Na etapa final, o jogo ficou mais aberto, mas as duas equipes ainda seguiram com dificuldades para finalizar e os goleiros pouco trabalharam. Aos 11 minutos, Fred recebeu na entrada da área e chutou no travessão. Aos 24, foi a Argentina quem teve uma boa chance, com Dí Maria, mas o atacante foi desarmado.

No final, nenhum dos times conseguiu tirar o 0 a 0 do placar e mais de 25 mil torcedores que compareceram ao estádio ficaram sem ver gols na noite desta terça-feira.

FICHA TÉCNICA

ARGENTINA 0 x 0 BRASIL

ARGENTINA - Martínez; Molina, Romero (Pezzella), Otamendi e Acuña; Paredes (Lizandro Martínez), De Paul e Lo Celso (Domínguez); lautaro Martínez (Correa), Messi e Di María (Álvarez). Técnico: Lionel Scaloni.

BRASIL - Alisson; Danilo, Marquinhos, Eder Militão e Alex Sandro; Fabinho, Fred e Lucas Paquetá (Gerson); Raphinha (Antony), Matheus Cunha (Gabriel Jesus) e Vinícius Junior. Técnico: Tite.

ÁRBITRO - Andrés Cunha (URU).

CARTÕES AMARELOS - Paquetá, Paredes, Romero, Pezzella e Fabinho.

LOCAL - Estádio Bicentenário, em San Juan.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Partida acontece nesta terça-feira (7), às 11h. No jogo de ida, times empataram por 0 a 0. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/galo-x-bragantino-fazem-final-do-bras...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Militares do Corpo de Bombeiros também atuam, nesta segunda-feira (6), para evitar reignição no Parque das Mangabeiras, em BH. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/s...

    Acessar Link