Notícias

Bolsonaro volta a repetir que o governo não tem casos de corrupção e diz que tem feito 'mais com menos'

Por Agência Estado , 29/10/2020 às 13:59
atualizado em: 29/10/2020 às 14:10

Texto:

Foto: Isac Nóbrega/PR
Isac Nóbrega/PR

Durante visita técnica às atividades de restauração do trecho da BR-135, no Maranhão, o presidente Jair Bolsonaro destacou nesta quinta-feira que "obras são essenciais" e que o seu governo tem feito "mais com menos". Sem a presença do governador Flávio Dino (PCdoB) no evento, Bolsonaro destacou também a relação do Executivo com os parlamentares do Estado.

"A bancada do Maranhão é aquela que proporcionalmente mais tem dispensado recursos em suas emendas, quer seja de bancada, quer seja individual, para o bem do seu Estado", disse. Na sequência, o mandatário agradeceu aos parlamentares presentes no local. "Agradeço a Deus pelo trabalho que vocês fazem por um Estado que é pobre mas tem tudo para despontar como um dos mais pujantes no futuro. Obras são essenciais. Nós estamos fazendo mais com menos", afirmou.

Bolsonaro voltou a repetir que o governo não tem casos de corrupção e atribuiu isso aos "ministros e parlamentares também que trabalham em conjunto visando um só objetivo, o bem-estar do seu Estado e do nosso Brasil".

Em seu discurso, o presidente destacou ainda a atuação do Exército brasileiro. "O Exército brasileiro não é meu, não é seu, é nosso, é o Exército do Brasil. É uma honra muito grande ter um Exército brasileiro com esse grau de patriotismo e dedicação à pátria." Na sequência, Bolsonaro parabenizou o ministro Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional, que completa 73 anos nesta quinta-feira.

Na chegada em São Luís, o presidente provocou aglomerações ao parar para cumprimentar apoiadores. A visita do presidente ao Estado ocorre após críticas públicas ao governador Flávio Dino. Depois de acusar Dino de não ceder o efetivo da Polícia Militar para a segurança presidencial na semana passada, Bolsonaro disse a apoiadores na terça-feira (27) que era preciso "tirar o PCdoB" do Maranhão.

Dino rebateu as críticas e negou a acusação garantindo que Bolsonaro "não enfrentaria protestos e teria a proteção da polícia do Maranhão" durante sua passagem pelo Estado nesta semana. No período da tarde, Bolsonaro cumprirá agenda em Imperatriz (MA).
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Medida foi tomada devido ao aumento no número de casos e mortes por coronavírus. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽📻 Ouça a transmissão com a equipe da Rádio Itatiaia direto do Independência. #Itatiaia

    Acessar Link