Ouça a rádio

Compartilhe

Belo Horizonte tem mais de 2,8 mil crianças de 5 a 11 anos vacinadas contra a covid-19

Capital mineira realizará ações de repescagem nesta semana e aguarda mais doses para ampliar imunização

Divulgação/PBH
Foto: Divulgação/PBH

BH vacina crianças contra covid-19 com imunizante da Pfizer

Belo Horizonte vacinou, no sábado (15), 2.843 crianças com a vacina contra a Covid-19. O balanço foi divulgado na manhã deste domingo (16). 

A capital mineira iniciou a imunização infantil contra a doença no público de 5 a 11 anos com comorbidades, deficiência permanente, indígenas ou quilombolas. 

A capital mineira, até o momento, recebeu 10 mil doses da primeira remessa entregue ao Brasil do imunizante pediátrico da Pfizer. Uma nova entrega está prevista para chegar em território nacional neste domingo (16). Com isso, o município deve ter mais doses disponíveis nos próximos dias e poderá abrir postos em escolas. 

Repescagem

Nesta segunda-feira (17) e terça-feira (18), o município realizará ações de repescagem em nove escolas municipais da capital mineira. "Ampliações para outras unidades podem ser feitas conforme o recebimento de novas remessas de vacina e o chamamento de novos públicos", explicou a prefeitura. 

Os horários de imunização nas escolas serão distintos nas duas datas. Na segunda-feira, as aplicações serão feitas das 10h às 16h. Já na terça-feira, das 9h às 16h. Os endereços podem ser verificados no portal da Prefeitura.

Para serem vacinadas, as crianças precisam estar acompanhadas de pais ou responsáveis e apresentar documento de identificação com foto ou certidão de nascimento, CPF, comprovante de endereço e cartão de vacina.

Caso o acompanhamento seja por terceiros, haverá a necessidade de apresentar o termo de autorização de para vacinação, disponibilizado no portal da Prefeitura, devidamente preenchido e assinado pelos pais ou responsáveis.

Acamados

Já a imunização das crianças acamadas ou com mobilidade reduzida terá início na segunda-feira, dia 17 de janeiro. As equipes entrarão em contato com as famílias que têm cadastro nos Centros de Saúde para o agendamento. A vacinação dessas crianças será realizada ao longo da semana por equipes volantes. Caso a criança não tenha cadastro, os pais ou responsáveis devem entrar em contato com a unidade mais próxima para agendar a data da vacinação. 

Calendário 

Saiba quais públicos recebem a vacina contra a Covid-19 nesta semana em BH: 

Dia 17/01, segunda-feira: 

- primeira dose para crianças acamadas ou com mobilidade reduzida de 11 a 5 anos completos, até a data da vacinação. A imunização será feita em domicílio; 
- repescagem de primeira dose para crianças com comorbidade de 11 a 5 anos, completos até a data da vacinação. A aplicação das vacinas será feita em escolas municipais.

Dia 18/01, terça-feira: 

- primeira dose para crianças acamadas ou com mobilidade reduzida de 11 a 5 anos completos, até a data da vacinação. A imunização será feita em domicílio; 
- repescagem de primeira dose para crianças com comorbidade de 11 a 5 anos, completos até a data da vacinação. A aplicação das vacinas será feita em escolas municipais.

Dia 19/01, quarta-feira: dose de reforço para pessoas de 53 e 51 anos, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;


Dia 20/01, quinta-feira: 

- dose de reforço para pessoas de 49 anos, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF; 
- dose de reforço para pessoas de 19 anos, vacinadas com a CoronaVac, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF; 


Dia 21/01, sexta-feira: 

- dose de reforço para pessoas de 18 anos, vacinadas com a CoronaVac, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF; 
- repescagem de dose de reforço para grupos prioritários e faixas etárias já convocados, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF.