Notícias

Atlético paga fiança do Boca na delegacia, mas clube argentino ainda não fez ressarcimento

Presidente Sérgio Coelho fez o pagamento de R$ 6 mil para os argentinos que não tinham o valor em espécie para serem liberados

Por Redação, 21/07/2021 às 19:56
atualizado em: 22/07/2021 às 21:46

Texto:


Devido aos problemas envolvendo o pós-jogo entre Atlético e Boca Juniors, no Mineirão, pela Copa Libertadores, o clube alvinegro se posicionou nesta quarta-feira rebatendo as reclamações do time argentino. Em meio aos vários pontos citados, o Galo revelou uma situação inusitada: o presidente Sérgio Coelho pagou R$ 6 mil do próprio bolso para a delegação do Boca pagar a fiança e ser liberada da delegacia onde prestou depoimento durante toda a madrugada desta quarta.

Ainda de acordo com o clube alvinegro, os dirigentes do Boca não tinham o valor em espécie e se comprometeram a fazer o pagamento, mas ainda não ressarciram o presidente do Galo. Conforme apurado pelo repórter Thiago Reis, da Rádio Itatiaia, a fiança foi fixada no valor de R$ 9 mil.

Seis membros do Boca Juniors ficaram cerca de 12 horas na Central de Flagrantes IV, no bairro Alípio de Melo, região Noroeste de Belo Horizonte, sendo ouvidos pela Polícia Civil. Dois deles foram autuados em flagrante por dano qualificado – pela quebradeira no Mineirão após a partida em confronto com seguranças do estádio e com a Polícia Militar – e os outros quatro assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência por lesão corporal e desacato.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ➡ Pedido de derrubada do decreto foi feito pelos vereadores da Frente Cristã da CMBH. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Documento com perguntas e respostas auxilia Conselho a votar sobre o assunto no dia 3 de agosto. #Itatiaia

    Acessar Link