Notícias

Após fim do toque de recolher, Governo de Minas barra venda em balcão dos comércios não essenciais

Supermercados e padarias, por outro lado, terão o horário de funcionamento ampliado até as 22h, para reduzir a circulação de pessoas no horário de pico

Por Com Agência Minas , 07/04/2021 às 18:08
atualizado em: 07/04/2021 às 18:11

Texto:

Foto: Pixabay/ Banco de Imagens
Pixabay/ Banco de Imagens

Com a decisão, o comércio não essencial só poderá funcionar neste período através do formato deliver

Com o fim do toque de recolher na Onda Roxa do Programa Minas Consciente, o governo determinou novas restrições para tentar barrar a propagação da covid-19 no estado. 

De acordo com o governo do estado, a partir de agora, o consumidor está proibido de retirar qualquer tipo de mercadoria no balcão de estabelecimentos não essenciais, entre às 20h e 5h. Com a decisão, o comércio não essencial só poderá funcionar neste período através do formato delivery. 

Supermercados e padarias, por outro lado, terão o horário de funcionamento ampliado até as 22h, para reduzir a circulação de pessoas no horário de pico. 

Conforme o secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti, o objetivo das medidas é evitar aglomerações. “As mudanças não terão impacto na efetividade da onda roxa, porque a restrição de circulação de forma isolada não tem impacto direto. O que realmente queremos é evitar aglomerações. Por isso a decisão de fazer com que serviços não essenciais, principalmente bares, não vendam produtos em balcão para evitar concentração de pessoas na porta”, esclareceu.
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Fiéis devem respeitar o distanciamento estabelecido pela prefeitura para a retomada das atividades nesses locais. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Sete titulares ganharam um dia a mais de folga e voltam às atividades na terça. #Itatiaia

    Acessar Link