Notícias

Após derrota para o CSA, Ney Franco diz que time terá que ‘jogar muito mais’ para se recuperar na Série B

20/09/2020 às 06:00
atualizado em: 20/09/2020 às 20:46

Texto:

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Gustavo Aleixo/Cruzeiro

O técnico Ney Franco reconhece que o Cruzeiro vai precisar evoluir muito para conseguir se recuperar na Série B do Campeonato Brasileiro. Na entrevista coletiva após a derrota para o CSA, na noite desse sábado (19), o treinador comentou as falhas no setor defensivo, apontou méritos do adversário e evitou culpar seus atletas. O Cruzeiro foi derrotado por 3 a 1 em Maceió, e caiu para o 15º lugar, colocado na zona de rebaixamento.

“Primeiramente que a derrota a gente não vai colocar na conta de ninguém. O adversário foi merecedor do resultado pela competência que teve, principalmente nos dois primeiros gols de bola parada, no momento em que nossa equipe passava uma mensagem que estava jogando em cima do adversário, mas sem criar muitas oportunidades de gols”, analisou o comandante. 

Ney disse que o jogo aéreo foi tema da palestra antes da partida. Até então, o Cruzeiro não tinha sofrido gols assim na Série B. “É interessante que a gente abordou na palestra que a nossa equipe estava muito bem postada em bola parada defensivamente, tanto em escanteios como em faltas laterais. Não tinha tomado nenhum gol na competição ainda”, disse o treinador, que viu erro básico no primeiro tento, quando Rodrigo Pimpão desviou a bola na primeira trave para Cleberson marcar.

“Ali entrou um pouco de competência do adversário, mas, principalmente no primeiro gol, a puxada do atacante no primeiro pau para raspar é um básico do futebol, que você tem que fazer a marcação. Infelizmente, esses dois gols de bolas paradas mudaram muito a situação do jogo”, analisou. 

O treinador disse que os erros servem de lição para o aprimoramento da equipe e que o foco agora são os dois duelos dentro de casa, contra Avaí e Ponte Preta. “Temos uma semana para trabalhar para o jogo contra o Avaí, temos uma sequência de dois jogos (em casa) contra Avaí e Ponte Preta para montar uma equipe com condição de fazer a gente fazer valer o mando de campo”, disse.

Ao ser questionado sobre o apoio do torcida, o treinador disse que foi criada uma expectativa muito grande após as vitórias inicias na competição, mas que, na verdade, o time precisa melhorar muito.

“O torcedor cruzeirense mostrou, nos momentos em que ganhou as partidas, criou-se uma expectativa enorme, pelo otimismo que a gente tem, pela tradição que a gente tem dentro das competições nacionais. Mas a gente vai ter que jogar muito mais do que está jogando. Os jogadores estão conscientes disso”, disse. 
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️Mas parece ter se irritado com as críticas pesadas que leu e resolveu desabafar e questionar os torcedores. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Programa já apresentou polêmicas com erros durante a votação e a Prova do Fazendeiro nesta semana. #Itatiaia

    Acessar Link