Notícias

América: Felipe Augusto elogia Lisca e espera jogo difícil contra o Atlético neste domingo

Por Emerson Romano, 02/08/2020 às 10:20
atualizado em: 02/08/2020 às 10:20

Texto:

Foto: Mourão Panda/América
Mourão Panda/América

A metodologia de trabalho do técnico Lisca tem agradado a todos, torcida, diretoria e principalmente os jogadores no América. As variações táticas, as estratégias de jogo, são alguns dos pontos fortes do treinador americano.
 
“É um estilo de jogo diferente. No primeiro jogo (na primeira fase), principalmente no primeiro tempo, a gente percebeu que eles acabaram dificultando um pouco o nosso encaixe de marcação, o encaixe do nosso jogo. Mas o importante é que hoje o América tem seu padrão com marcação forte e, principalmente, tem suas variações. O América consegue jogar de outras maneiras, não fica preso dentro de uma só maneira de jogar. Isso tem que ser atribuído ao professor Lisca e toda comissão técnica que no dia a dia nós passa esses conteúdos e essas variedades de jogo. Isso é importante para gente e hoje dentro do elenco do América todos os jogadores sabem o que devem fazer quando o professor Lisca pede para mudar um pouco. Acho que o América hoje está forte e preparado para esses jogos decisivos no Campeonato Mineiro”, destacou Felipe Augusto.
 
Invicto no Campeonato Mineiro e no ano, o América ainda não perdeu nenhum jogo sob o comando do técnico Lisca. Já são sete jogos e quatro empates no estadual. Para o atacante americano, isso é muito positivo e merece ser exaltado.  
 
“Avalio de forma positiva. A gente conseguiu conquistar nossos objetivos na primeira fase e fazer bons jogos e boas atuações. Qualquer jogador que estiver dentro de campo e precisar jogar vai saber o que o professor Lisca pede”, disse o atacante
 
Essa sintonia entre jogadores e o comandante americano será importante na semifinal do Campeonato Mineiro, quando o América tentará quebrar o jejum de três anos sem disputar uma decisão da competição. A última vez foi em 2016, quando se sagrou campeão justamente encima do Atlético, adversário desse semifinal.
 
Por ter feito melhor campanha na fase de classificação, o America joga por dois empates ou vitória e derrota pelo mesmo placar, para chegar a decisão. Mas os jogadores sabem que não será uma tarefa simples.
 
“A gente considera como uma missão difícil. Toda vez que a gente chega em reta final de campeonato, como semifinal e final, sabe que todos os jogos são difíceis. Independente de adversário, qual seja o time. É sempre um jogo difícil, mas a gente vem trabalhando forte, tem os nossos objetivos dentro da competição. Temos a pretensão de sermos campeões e, claro, que a gente respeita. É um clássico, já é difícil por ser um clássico. Lógico que nossa equipe também está forte, a nossa equipe está trabalhando para conquistar os seus objetivos dentro da competição”, finalizou o jogador.
 
O América começa a decidir uma vaga na decisão do estadual neste domingo (02), ás 16h, no Mineirão. A partida de volta está marcada para quarta-feira (05), no Independência, às 21h30.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    As informações sobre a semana e os eventos serão transmitidos nas redes sociais do ministério e da Secretaria Nacional da Juventude.#Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽️Técnico do América não poupou críticas à atuação do juiz Felipe Fernandes de Lima no clássico contra o Atlético. #itatiaia

    Acessar Link