Ouvindo...

Times

Júri é selecionado para julgamento de Alec Baldwin por homicídio em set de filme

A seleção do júri foi concluída nesta terça (9); os 16 jurados, sendo onze mulheres e cinco homens, foram definidos e prestaram juramento

O julgamento do ator Alec Baldwin por homicídio culposo após o disparo fatal no set de “Rust” começou nesta terça-feira (9) com a seleção do júri, que decidirá se a morte da diretora de fotografia do filme foi culpa dele.

A estrela de Hollywood apontava um revólver para a diretora de fotografia, Halyna Hutchins, durante o ensaio para uma cena do filme, quando a arma disparou uma bala que a matou. Baldwin, de 66 anos, disse que não sabia que a arma estava carregada e que não puxou o gatilho.

O ator de “30 Rock” chegou ao tribunal nesta terça-feira vestindo um terno escuro, óculos e cabelo curto. Entrou acompanhado de sua esposa Hilaria e um dos sete filhos do casal. Seu irmão mais novo, Stephen Baldwin, outro ator famoso de Hollywood, chegou pouco depois ao tribunal.

Leia também

Nenhum dos membros da família falou com os jornalistas postados na porta do tribunal no estado do Novo México.

Com a fama de Baldwin, que nos últimos anos se dedicou à comédia, incluindo frequentes participações no programa de humor Saturday Night Live - muitas delas interpretando o ex-presidente Donald Trump -, e dada a raridade de mortes no set em uma indústria com tantos níveis de controle como a cinematográfica nos Estados Unidos, o caso se tornou um assunto global e polarizou opiniões.

Por um lado, há aqueles que veem Baldwin como vítima, um ator que não sabia que a arma estava carregada com uma bala real em vez de um cartucho falso; por outro, há quem considera que a morte foi consequência de seu suposto comportamento irresponsável.

Júri selecionado

A seleção do júri foi concluída na tarde desta terça-feira, com um painel de 16 pessoas, incluindo quatro suplentes. Em um reflexo dos desafios de um caso tão midiático, apenas alguns dos jurados pré-selecionados levantaram a mão quando a juíza perguntou quem não tinha ouvido falar sobre o disparo no set de “Rust”.

“Ele pode ter interpretado um papel em um filme que você não gostou? Ele fez algum número cômico ou imitação que não gostou?”, perguntou Alex Spiro, advogado de Baldwin, aos potenciais jurados. “Eu preciso saber se algum de vocês tem uma opinião sobre ele (...) que possa ser prejudicial a ele de alguma forma”.

Se considerado culpado, Baldwin enfrenta uma pena de até 18 meses de prisão. Ainda não está claro se ele vai testemunhar em sua própria defesa. Os argumentos de abertura de ambas as partes serão ouvidos na quarta-feira. O julgamento deve durar cerca de dez dias.

Hutchins, uma estrela em ascensão na indústria, tinha 42 anos quando morreu. Nascida na Ucrânia, ela cresceu em uma base militar soviética no Círculo Polar Ártico, era casada e tinha um filho.

Ela morreu durante a filmagem de “Rust” em uma pequena capela no Rancho Bonanza Creek, cerca de 30 quilômetros de Santa Fé, em uma tarde ensolarada de outubro de 2021. Baldwin estava ensaiando uma cena em que seu personagem, um fora-da-lei encurralado por dois agentes em uma igreja, saca sua Colt, quando a tragédia ocorreu.

O ator afirma que foi informado de que o revólver estava “frio”, termo usado no cinema para indicar que não há munição e que é seguro de usar. Balas reais são proibidas nos sets de filmagem, e Baldwin argumenta que não é responsabilidade dele, como ator, verificar se essa norma foi respeitada.

Onze mulheres e cinco homens

A tragédia interrompeu a produção de “Rust”, mas o filme foi concluído no ano passado em Montana, com o viúvo de Hutchins atuando como produtor. Hannah Gutierrez, a armeira do filme, foi considerada culpada de homicídio involuntário este ano e sentenciada a 18 meses de prisão por seu papel no caso.

Os potenciais jurados também foram questionados nesta terça-feira sobre seu histórico com armas e possíveis envolvimentos na indústria cinematográfica.

Após um dia cheio, com atrasos devido a problemas técnicos no tribunal, os 16 jurados foram definidos e prestaram juramento. Onze mulheres e cinco homens decidirão o destino de Baldwin.


Participe dos canais da Itatiaia:

AFP
Agence France-Presse é uma agência de notícias francesa, a AFP cobre a atualidade mundial com uma qualidade única de produção multimídia em vídeos, textos, fotos e infográficos em seis línguas.
Leia mais