Ouvindo...

Times

Muçulmanos morrem de calor durante peregrinação na Arábia Saudita

As temperaturas na Arábia Saudita chegaram a 46 °C; Hajj é uma das maiores reuniões religiosas do mundo, com cerca de 1,8 milhão de peregrinos

Ao menos 14 muçulmanos morreram durante peregrinação do Hajj na Arábia Saudita, informaram as autoridades. O evento religioso começou na sexta-feira (14).

Segundo o Ministério das Relações Exteriores da Jordânia, as mortes ocorreram por insolação. As temperaturas na Arábia Saudita chegaram a 46 °C.

Outros 17 jordanianos estão desaparecidos. Cinco iranianos também perderam a vida, mas a causa não foi especificada.

Leia também

A Jordânia trabalha com autoridades sauditas para fazer o translado ou para enterrar os corpos, conforme o desejo de cada família.

O Hajj é uma das maiores reuniões religiosas do mundo, com cerca de 1,8 milhão de peregrinos. O evento termina nesta quarta-feira (19).


Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista formada pela PUC Minas. Mineira, apaixonada por esportes, música e entretenimento. Antes da Itatiaia, passou pelo portal R7, da Record.
Leia mais