Ouvindo...

Times

Empresa Blue Origin, de Jeff Bezos, faz voo espacial tripulado após pausa de 2 anos

Seis membros da tripulação decolou por volta das 11h36, da base do Local de Lançamento Um da empresa no estado do Texas

A empresa aeroespacial Blue Origin, do bilionário Jeff Besos, enviou pessoas para o espaço neste domingo (19) na nave New Shepard. A operação foi bem sucedida, e reacendeu a concorrência no mercado do turismo espacial após uma pausa nas operações tripuladas da empresa.

Um total de seis membros da tripulação decolou por volta das 9h36, horário local (11h36 em Brasília), da base do Local de Lançamento Um da empresa no estado do Texas, no sul dos EUA, na missão NS-25. Esse é o sétimo voo tripulado da empresa fundada pelo bilionário americano Jeff Bezos (Amazon).

A equipe inclui Ed Dwight, um escultor negro e ex-piloto da força aérea que foi rejeitado pelo corpo de astronautas da agência espacial americana Nasa na década de 1960.

Dwight, com 90 anos, 8 meses e 10 dias, é, portanto, a pessoa mais velha a viajar para o espaço, superando por pouco o ator da famosa série de TV espacial “Star Trek”, William Shatner, que era quase dois meses mais jovem quando partiu com a Blue Origin em 2021.

“Eu fui o primeiro homem no mundo famoso por não fazer algo”, brincou Dwight antes do lançamento, em referência ao seu passado. “Não preciso dizer que estou impressionado”.

O empresário francês Sylvain Chiron, que faz parte da equipe, disse à AFP que o que mais o entusiasma é “essa sensação de deixar o mundo dos homens e ver a Terra como um todo, de cima, sem fronteiras, com toda a sua fragilidade e beleza”.

Leia também

Histórico de voos

A missão NS-25 é o sétimo voo com tripulação humana da empresa fundada e de propriedade de Jeff Bezos.

Até o momento, a Blue Origin enviou 31 pessoas a bordo do veículo suborbital New Shepard, um foguete pequeno e reutilizável que leva o nome de Alan Shepard, o primeiro americano a ir ao espaço. Bezos vê as curtas excursões no New Shepard como um trampolim para ambições maiores, incluindo o desenvolvimento de um foguete pesado completo e um módulo de pouso lunar.

O programa sofreu um revés quando um foguete New Shepard pegou fogo logo após o lançamento em 12 de setembro de 2022. A cápsula sem tripulação foi ejetada a tempo, o que significa que os astronautas estariam a salvo se tivessem voado.

Uma investigação federal revelou que a causa foi um bico de motor superaquecido. A Blue Origin tomou medidas corretivas e realizou um lançamento não tripulado bem-sucedido em dezembro de 2023, abrindo caminho para a missão deste domingo.

O próprio Bezos participou do primeiro voo tripulado do programa em 2021. Poucos meses depois, Shatner ultrapassou o limite entre a ficção científica e a realidade ao se tornar o astronauta mais velho da história, décadas depois de ter interpretado pela primeira vez um viajante espacial.

Veja vídeo abaixo


Participe dos canais da Itatiaia:

Acompanhe as últimas notícias produzidas pelo Estadão Conteúdo, publicadas na Itatiaia.
Leia mais